Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

O quadro dos grandes vencedores


Lúcio Albuquerque

Desde 1946, quando o Território Federal do Guaporé (a partir de 1956
Território de Rondônia e de 1981 Estado de Rondônia) elegeu o coronel
Aluízio Ferreira deputado federal constituinte, nas disputas a partir de
então temos candidatos que já se reelegeram ou venceram eleições disputando
outros postos eletivos (computados apenas os pleitos de prefeito a
governador).

Até o início da disputa deste domingo, 1º de outubro, o quadro de
vencedores, dentre os que estão disputando, é o seguinte:

1º - Silvernani Santos - cinco vitórias (1982, 1986, 1990 e 1998 - deputado
estadual e 1994 deputado federal). Caso seja eleito neste domingo Silvernani
será o recordista em eleições em Rondônia desde 1946.

2º - Ivo Cassol - três vitórias (1996 e 2000 - prefeito de Rolim de Moura e
2004 - governador do Estado). Caso seja eleito neste domingo Ivo Cassol
chegará à quarta vitória e será o primeiro governador a ser reeleito em três
disputas que permitiram reeleição.

2º - Marinha Raupp - três vitórias (1994, 1998 e 2002 - deputado federal).
Marinha Raupp já é recordista em mandatos para a Câmara Federal e no naipe
feminino.

2º - Renato Velloso - três vitórias (1994, 1998 e 2002 - deputado estadual).
Caso seja reeleito neste domingo Renato Veloso se igualará a Silvernani
Santos em número de vitórias para a Assembléia Legislativa.
2º - Marcos Donadon - três vitórias (1994. 1998 e 2002 - deputado estadual).

2º - Carlão de Oliveira - três vitórias (1994, 1998 e 2002). Na legislatura
1991/1995 Carlão Oliveira assumiu, mas na condição de suplente).

EX-GOVERNADORES

Entre os ex-governadores os três com mais vitórias:

1º - Jerônimo Santana - cinco vitórias (1970, 1974 e 1978 - deputado
federal; 1985 - prefeito de Porto Velho e 1986 - governador do Estado).

2º - Valdir Raupp - quatro vitórias (1983 e 1992 - prefeito de Rolim de
Moura; 1994 - governador do Estado e 2002 - senador).

2º - José Bianco - quatro vitórias (1982 - deputado estadual; 1988 e 2004 -
prefeito de Ji-Paraná e 1994 - senador).

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

Caminhoneiros pressionaram... Por Lúcio Albuquerque

FAZE O QUE DIGO, MAS NÃO FAZE O QUE FAÇO

BRASIL BEM NA FOTO: À FRENTE DA COREIA E TAIWAN - Por Lúcio Albuquerque

BRASIL BEM NA FOTO: À FRENTE DA COREIA E TAIWAN - Por Lúcio Albuquerque

Pode parecer ironia que o título se refira ao Brasil estar à frente de duas nações gigantes em tecnologia e economia no mundo, mas, por incrível que i

O silêncio ensurdecedor da morte do lado errado - Por Lúcio Albuquerque

O silêncio ensurdecedor da morte do lado errado - Por Lúcio Albuquerque

Tenho dito, e já escrevi, que sou favorável ao movimento dos caminhoneiros, mas também tenho dito e escrito que sou contra a violência, a ameaça a que

ÓRGÃOS DE CONTROLE PRECISAM “SAIR DA TOCA”

A reação do governo foi, pelo menos, absurda