Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

Em sessão solene e bem concorrida ACLER homenageou acadêmicos falecidos


Abnael Machado de Lima - Gente de Opinião
Abnael Machado de Lima

         A memória dos acadêmicos Abnael Machado de Lima Cadeira nº 6),  Hélio Fonseca (cadeira nº 7), ambos fundadores, além de Raimundo Neves de Almeida (cadeira nº 32) e Antonio Serafim da Silva (cadeira nº 28), foi destacada na sessão magna de saudade realizada pela Academia de Letras de Rondônia, ACLER, na última terça-feira, no auditório da Escolado Legislativo com presenças de acadêmicos, familiares dos falecidos e mais de uma centena de convidados.

         O presidente da ACLER, acadêmico Francisco das Chagas explicou inicialmente que a sessão magna da saudade é realizada para lembrar os membros que faleceram, uma última homenagem da Academia e, ao final, com a declaração de vagas.

         Em nome da família do acadêmico Raimundo Neves de Almeida falou o seu filho Antonio Laet, lembrando a importância do incentivo à leitura, pelo pai, para a formação cidadã dele e seus irmãos. Antonio Laet citou ainda a forte ligação de seu pai com a Amazônia, finalizando com uma poesia assinada pelo acadêmico com destaque a providências que desejava serem feitas após seu falecimento.

         Antonio Serafim da Silva Filho representou a família do acadêmico Antonio Serafim da Silva, lembrando a trajetória profissional de seu pai, na antiga Sucam, e seu contínuo trabalho de leitura e pesquisa, “o que lhe permitiu ampliar muito além de sua formação escolar o conhecimento e o amor pela Amazônia”.

         Luciano Neves da Fonseca, lembrou a trajetória de seu pai, o acadêmico Hélio Fonseca, que ao lado de sua atividade como membro do Tribunal de Justiça sempre se aprofundava no conhecimento da História e da realidade regional, e o orgulho que tinha por ser membro fundador da ACLER.

         Filha do acadêmico Abnael Machado de Lima, Abnathalia Carvalho de Lima  discorreu sobre a importância que seu ai, fundador da ACLER, sempre deu às ações da entidade e lembrou os trabalhos realizados por ele, que foi membro da segunda turma de alunos da escola Carmela Dutra, ocupando funções diversas na área de Educação, como professor, diretor do próprio “Carmela” e membro várias vezes do Conselho Estadual de Educação.

         Em nome da ACLER a acadêmica Sandra Castiel enalteceu o trabalho de cada um dos quatro, recordando a participação de cada um deles tanto na própria Academia quanto nas ações que desenvolveram a favor da cultura e da Educação. Sandra Castiel destacou que as marcas deixadas por aqueles acadêmicos perdurarão por muito tempo não só na memória dos que com eles conviveram, mas, também, nos benefícios que legaram ao Estado.

         A acadêmica Ieda Borzacov fez uma breve alocução sobre a figura do acadêmico Hélio Fonseca, lembrando tê-lo conhecido ainda bem jovem, e ter ele participado do grupo de intelectuais que se reunia sempre no hall do antigo Porto Velho Hotel (atual Unir centro), citando-o como um intelectual com profundas raízes regionais.

         Última a falar, a professora Francisca Batista, presidente do Conselho Estadual de Educação elogiou asa ações desenvolvidas pelo acadêmico Abnael Machado de Lima, especialmente ligadas ao fortalecimento do próprio Conselho.

Galeria de Imagens

  • Antonio Serafim da Silva
    Antonio Serafim da Silva
  • Hélio Fonseca
    Hélio Fonseca
  •  Raimundo Neves de Araújo
    Raimundo Neves de Araújo

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

03 de julho. BOM DIA! RONDÔNIA

03 de julho. BOM DIA! RONDÔNIA

Em 1962 – Milton Lima toma posse como governador do Território, é o 14º desde quando foi  criado o Território em 1943. COMEMORA-SE: Dia do Ministério

02 de julho – BOM DIA! RONDÔNIA

02 de julho – BOM DIA! RONDÔNIA

Em 1912 – Instalação do município de Santo Antonio, então no Estado de Mato Grosso, desde 1943 inserido ao Território Federal do Guaporé, em 1945 pass

01 de julho – Seja bem-vindo, Julho, e que nos tragas a chama da Liberdade! RONDÔNIA

01 de julho – Seja bem-vindo, Julho, e que nos tragas a chama da Liberdade! RONDÔNIA

1912 – Começa a vigorar o contrato do Governo brasileiro com a empresa The Madeira-Mamoré Railway Limited, arrendando por 60 anos a exploração da ferr

Igreja e Semasf, com apoio de voluntários, ajudam a reduzir a fome, todos os dias, na Sagrada Família em Porto Velho

Igreja e Semasf, com apoio de voluntários, ajudam a reduzir a fome, todos os dias, na Sagrada Família em Porto Velho

Uns dizem que nunca pediram nada a ninguém. Alguns admitem ter até vergonha de estarem na fila do almoço. A maioria garante que estavam trabalhando, c