Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

CONTA GOTAS 13/02


MESMO DISCURSO
Não entendi ou entendi mesmo? Foi essa a minha posição quando assisti entrevista da senhora ministra presidente do STF, do sr. presidente da Câmara Federal e do sr. presidente da OAB nacional, para os quais a votação agora de legislação mais dura contra o crime, por parte de quem está devendo isso à Nação, o Congresso Nacional, pode representar se estar agindo sob emoção. É o discurso de sempre: não agir sob emoção. Bolas, mas quando foi no caso da atriz global aí ninguém se lembrou disso.

 

GABEIRA

Cada dia mais eu me vejo inclinado entender que o deputado carioca Fenando Gabeira é uma voz consciente. Na entrevista desta segunda-feira sobre a questão da votação de medidas mais duras contra o crime ele foi claro e perguntou até quando vai se ficar esperando, já que, como ele disse, a cada semana a Nação é sacudida por mais um crime violento. E mais discursos defendendo não se decidir nada sob emoção. Enquanto isso....

 

PROPOSTA

Segundo o jornalista José Carlos Sá (coluna Banzeiros), "Até agora a melhor proposta sobre a alteração da redução da maioridade penal foi publicada na coluna do Cláudio Humberto: "emancipação de menores infratores, de ofício. Assim como a lei já prevê a emancipação de menores outorgada pelos pais, tutores e juízes, é preciso autorizar o magistrado a determinar, de ofício, a emancipação do menor criminoso, de acordo com a gravidade da infração". É bom lembrar do mineiro Pedro Aleixo, autor daquela frase "Eu não tenho medo da Lei. Mas do guarda da esquina que vai aplicá-la".

 

TRÂNSITO

Será que é verdade? Pelo que ouvi numa rodada de bate-papo, não cabe à Polícia Militar a fiscalização do trânsito. "Eles só estão aí para multar", ouvi. Não dá para entender. Alguém me explica?

 

PIRATARIA

Entro numa loja no centro velho da cidade para comprar um dvd. O atendente diz o preço e para minha surpresa, dentro da própria loja, sem nem baixar a voz, ele sugere que eu posso pagar apenas 10 reais. "Eu copio para o senhor". E quando eu digo que não aceito a pirataria ele parece assustado: "O senhor é o primeiro que não quer".

 

ESCOLA

A Escola do Legislativo continua funcionando normalmente com vários cursos em andamento, três deles iniciados nesta segunda-feira.

 

CARNAVAL

Olha rapaziada: calma na bebida, calma para usar a camisinha e calma nos outros excessos sempre cometidos quando a diversão é liberada. Sim: estou me referindo inclusive ao período de carnaval que está começando.

 

CARRETAS

Muitos comerciantes podem até nem gostar, mas a prefeitura pretende mesmo colocar em ação a decisão de proibir que veículos acima de três quartos circulem pelas ruas centrais no chamado "horário comercial". Interessante que a medida, pelo que sei, foi decidida quando era prefeito Chiquilito Erse. Se for verdade, por que não foi colocada em vigor?

 

Inté outro dia, se Deus quiser!

Lúcio Albuquerque
jotalucio@bol.com.br
nmarielle@terra.com.br

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

Três fatos no comentário

Três fatos no comentário

         APOIO AO PAPA - A Rádio Caiari, creio que toda rede católica de rádio esteja fazendo o mesmo, está com uma campanha de apoio ao papa Francisc

Orquestra inicia temporada com apresentação no "Cosme e Damião"

Orquestra inicia temporada com apresentação no "Cosme e Damião"

A Orquestra "Villa \|lobos" de Porto Velho, com apoio do Sicoob, inicia hoje, às 10 horas, com apresentação  especial a crianças e funcionários do hos

Aos 83 anos, faleceu o acadêmico Cláudio Feitosa

Aos 83 anos, faleceu o acadêmico Cláudio Feitosa

Faleceu na noite de ontem, dia 2 de outubro, o escritor Cláudio Batista Feitosa, membro da Academia de Letras de Rondônia, onde ocupa a cadeira número

Há dois anos o melhor historiador e a melhor escola de jornalismo fecharam as portas

Há dois anos o melhor historiador e a melhor escola de jornalismo fecharam as portas

RONDÔNIA PERDE SEU MAIOR HISTORIADOR –o Alto Madeira deixa de circularUma história de amor por Rondônia foi encerrada, mais de 100 anos depois de com