Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

CONTA GOTAS 10/09


HIENA
José de Vasconcelos, “pai” dos humoristas brasileiros pós 1960: “A hiena é um animal que come carne podre e tem relação sexual uma vez por ano. Ela ri de quê?”. A recente pesquisa dizendo que 76% dos brasileiros é feliz me faz lembrar Zé Vasconcelos e a hiena. Ri de quê? Desemprego, alta do custo de vida, corrupção em alta, desconfiança nas instituições, insegurança pública, o crime tomando conta de tudo, saúde pública desestruturada, educação cada vez pior. A lista é grande. Feliz por quê?
 
BOATARIA
O Diário do Povo noticiou esta semana que dois candidatos estariam pensando em deixar a campanha, Amir Lando e Carlinhos Camurça. Sem citar a fonte, apenas baseado em “ouvir dizer”, o jornal abriu a manchete principal com a matéria.
 
BENEFICIÁRIO
O abandono da campanha por qualquer um dos dois, ou dos dois, só beneficiaria uma candidatura, a do governador Ivo Cassol que, aí sim, teria assegurada sua reeleição ainda no turno inicial. Isso em razão da migração de votos para as várias opções restantes.
 
PESQUISA
Tive informação segura de que realmente o entrevero Cassol x religiosos em Ji-Paraná pode estar causando fortes danos à tentativa de reeleição do próprio Cassol.
 
APRESENTAÇÃO

A forma como as pesquisas são apresentadas em rede nacional estão escondendo um fato que chama a atenção: Enquanto Lula permanece praticamente estacionado, Alckmin sobe um ponto em cada uma delas. Em 11 dias Alckmin subiu 11 pontos conforme o que divulgou o Ibope. Claro, se a eleição fosse hoje Lula estaria reeleito, mas continuando nesse passo, está cheirando a segundo turno. E é tudo, com certeza, que os “companheiros” não querem.
 
COMUNICAÇÃO
Davi Nogueira Coordenador de Comunicação da coligação “Rondônia no Coração”, da candidata Fátima Cleide. Pois é: bem que o PT, que encabeça a coligação, e a própria Fátima Cleide, poderiam ter escolhido um jornalista filiado ao partido para essa coordenadoria. Valorizaria o companheiro e a categoria. Fica a pergunta na minha cabeça: será que, se eleita, Fátima vai continuar tendo como responsável pela comunicação do governo uma pessoa que não seja jornalista? Não seria novidade por aqui, mas bem que para um partido que pretendia ser uma espécie de vestal política poderia ter dado a função para um filiado que fosse jornalista. O problema é que o mensalão e outras coisas mais acabaram mostrando “o outro lado da Lua”. Aí, fica o dito pelo não dito.

SKATE
Êi prefeito! A garotada skatista que usa aquele equipamento na praça Aluízio Ferreira está chocada e preocupada: ouviram falar que vão destruir aquele para construir outro na zona leste. Taí: o custo da destruição seria triplo porque geraria despesa para fazer o (des) serviço, causaria a perda de um espaço bom para uma brincadeira sadia e ainda teria impacto político negativo contra a prefeitura. Mais barato e importante é a prefeitura mandar recompor o atual e construir um novo na zona leste, na zona sul, na zona qualquer.
 
CHUVAS

A chuvarada dos últimos dias gerou sorrisos em muita gente que já nem conseguia mais respirar de tanta fumaceira. Atrapalhou um pouco vendedores ambulantes e a Feira do Porto. Mas no geral o aguaceiro agradou. Mais as mães que estavam desesperadas porque seus filhos já nem podiam mais respirar de tanta poeira e tinham de fazer contínuas nebulizações.
 
Inté outro dia, se Deus quiser!
 
 Lúcio Albuquerque
lucioreporter@yahoo.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

1968: 25 de março começou o “ano que nunca acabou”

1968: 25 de março começou o “ano que nunca acabou”

O ano novo de 1968, data comum à maioria da Humanidade, começou, como todos os outros denominados historicamente de D.C, a 1º de janeiro. O “ano do ho

O QUE SE FALA EM SEGREDO DEVE SER COMENTADO?

O QUE SE FALA EM SEGREDO DEVE SER COMENTADO?

(Ou como distorcer, para criticar, uma resposta)

RELEITURA DA HISTÓRIA PODE DAR RAZÃO A BOLSONARO

RELEITURA DA HISTÓRIA PODE DAR RAZÃO A BOLSONARO

Que o presidente Jair Bolsonaro precisa levar uma espécie de “puxão de orelha” em relação a falas fora de tempo, ou permitir que seus filhos interfira

LAMENTO. MAS, MESMO NÃO SENDO ELEITOR DO LULA, EU CONDENO!

LAMENTO. MAS, MESMO NÃO SENDO ELEITOR DO LULA, EU CONDENO!

Não tenho, nunca tive e nem pretendo ter filiação partidária. Quem me conhece sabe que eu nunca me posicionei a favor de Lula (até quando encaro um pr