Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Lucio Albuquerque

CONTA-GOTAS 07/09


FUMACEIRO
Ibama, Ministério do Meio Ambiente, Sedam e outros: Para que vocês servem mesmo, afora dar emprego e servir de coadjuvante em matéria de TV? Como todos os anos o fumaceiro é enorme e não se vê qualquer autoridade (perdão, leitores, eu disse autoridade) tomar uma decisão real. Agora, se aparecer uma equipe de TV, aí vamos ver gente em ação. Mas só enquanto durar a gravação.

PELÉ CINQUENTÃO
Foi no 7 de setembro de 1956 que o garoto apelidado primeiro de “Gasolina”, mas que o  mundo conheceu como Pelé, marcou seu primeiro gol oficial, registrado com a camisa do Santos, quando nem tinha ainda 15 anos. Foi numa partida amistosa contra o Corintians de Santo André – não o Corintians paulistano que acabou virando freguês do rei. Era o primeiro dos 1.281 gols de sua vida de profissional de futebol. Pelé tinha 15 anos, dez meses e 14 dias.
 
MAIORIDADE
O jornal o Mamoré, semanário de Guajará-Mirim, completa 18 anos este ano, sempre sob a batuta de Renné Soto e, desde há cinco anos, da sua filha a jornalista Minerva Soto, ocupando um espaço importante no pulsar da fronteira.
 
USINAS
O geólogo Rommel Silva, um dos que mais conhecem a geologia regional, tendo sido durante muito tempo diretor da CPRM em Rondônia, é favorável à construção das usinas do Rio Madeira. E tem um discurso contrário aos que se dizem ambientalistas e vociferam contra a obra.
 
COMENTÁRIO
Recebi 18 e-mail de pessoas que leram meu comentário a respeito do debate da Rede TV. Algumas com críticas ainda maiores que as minhas sobre os perguntadores. Todos, como eu, elogiaram a iniciativa, mas lamentaram a falta de debates mais profundos sobre temas de interesse real do Estado.
 
DIFERENÇA
De um companheiro de profissão recebi a definição sobre a dificuldade que políticos têm em sintetizar raciocínios e fazerem perguntas diretas: eles não estão acostumados a perguntar. Aliás, creio que também alguns colegas precisam rever a escolha profissional que fizeram.
 
TRATAMENTO
Ao contrário de outras campanhas, até agora, a deste ano nem parece campanha. O que beneficia quem tenha telhado de vidro fino. Como disse um veterano político de Cacoal, ainda hoje cedo, “os candidatos, especialmente os a governador, estão se tratando por vossa excelência e até pedindo licença para falar de outros”.
 
PLANO
Viram? Foi só chegar perto da eleição, quando muitos vereadores são candidatos à eleição e a presidente da Câmara tem interesse direto no assunto, para o PCCS dos servidores do legislativo municipal ser votado. Parabéns para eles e, lamento, que só se tomem posições tais quando de olho no voto.
 
Inté outro dia, se Deus quiser!

Lúcio Albuquerque
lucioreporter@yahoo.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Lucio Albuquerque

TSUNAMI OU MUDANÇA PARA VALER?

TSUNAMI OU MUDANÇA PARA VALER?

Os políticos precisarão se adaptar a esta nova fase ou irão sendo encostados

 Escritor acha que eleição de Bolsonaro mostrou inconformismo social

Escritor acha que eleição de Bolsonaro mostrou inconformismo social

"O eleitor está mudando, a política vai ter que mudar, a corrupção vai diminuir"

ACLER HOMENAGEIA MARISE CASTIEL -100 ANOS DE NASCIMENTO

ACLER HOMENAGEIA MARISE CASTIEL -100 ANOS DE NASCIMENTO

O centenário de nascimento da professora Marise Magalhães Costa Castiel, será lembrado nesta segunda-feira em sessão solene pela Academia de Letras de

GANHAR FOI O DESAFIO MENOR DE BOLSONARO  - Por Lúcio Albuquerque

GANHAR FOI O DESAFIO MENOR DE BOLSONARO - Por Lúcio Albuquerque

 Lúcio OpinaGANHAR FOI O DESAFIO MENOR DE BOLSONAROLúcio Albuquerque, repórterjlucioalbuquerque@gmail.comGanhar a eleição presidencial pode ter sido o