Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Luciana Oliveira

Rondônia: quatro testam positivo e 33 podem estar infectados por Covid-19 após festas


Rondônia: quatro testam positivo e 33 podem estar infectados por Covid-19 após festas - Gente de Opinião

A denúncia começou a circular nas redes sociais na noite desta segunda-feira (13) e gerou preocupação e muita fake news.

A pressão, no entanto, fez o secretário de saúde de Rondônia, Fernando Máximo, convocar coletiva para explicar o que aconteceu.

Nos dias 04 e 11 deste mês duas festas ocorreram na capital e o resultado da irresponsabilidade apareceu agora.

Segundo o secretário, quatro pessoas que foram às festas testaram positivo para o novo coronavírus e 17 que tiveram contato com quem foi apresentam sintomas.

Outras 16 pessoas que podem ter tido contato com quem quebrou a quarentena indo às baladas estão sendo investigadas.

A polícia teria ido duas vezes ao local de uma das festas para acabar com a aglomeração, mas não teve jeito.

Esse fato adiou a divulgação do boletim diário da secretaria de saúde sobre o avanço da pandemia, que até então, mostra 42 casos positivos e 02 óbitos.

É a fatura pesada que chega por quem apoia o presidente Jair Bolsonaro na insana convocação pela volta à normalidade. Em vários municípios e na capital ocorreram carreatas pela abertura do comércio e com apoio da polícia militar.

Em Rondônia, o governador Marcos Rocha (PSL) tentou flexibilizar o decreto que impõe o distanciamento social, foi barrado por ordem judicial e acabou autorizando prefeitos a decidirem a extensão das medidas de contenção à pandemia.

No período em que aconteceram as festas que podem ter contaminado dezenas, o presidente circulou nas ruas, aglomerando e tocando as pessoas.

Apesar dos constantes apelos do secretário de saúde para que respeitem a ordem de isolamento, tem muita gente e veículos nas ruas.

As chamadas Coronafest estão na mira das autoridades de segurança.

Agora há um estímulo à denúncias contra essas aglomerações festivas pelos telefones 190 e 193, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Luciana Oliveira

Dificuldades: classe artística pede à SEJUCEL prorrogação do prazo de execução dos projetos da Lei Aldir Blanc

Dificuldades: classe artística pede à SEJUCEL prorrogação do prazo de execução dos projetos da Lei Aldir Blanc

O pedido protocolado nesta quinta-feira (18) e reúne mais de 160 assinaturas. Os artistas apontam as dificuldades com o agravamento da pandemia no est

Projeto Canta Mulher completa 29 anos com edição virtual

Projeto Canta Mulher completa 29 anos com edição virtual

O projeto Canta Mulher em Porto Velho (RO) já faz parte da agenda cultural da cidade. O evento é realizado pelo Fórum Popular de Mulheres, com a colab

Performance Vácuo provoca reflexão sobre naturalização da violência contra a mulher

Performance Vácuo provoca reflexão sobre naturalização da violência contra a mulher

Vácuo é o corpo feminino que reflete os olhares, falas, pensamentos e ações de uma sociedade adoecida por uma cultura machista, misogina e sexista, qu

Painel em homenagem à vítimas da Covid é alvo de ataque em Porto Velho

Painel em homenagem à vítimas da Covid é alvo de ataque em Porto Velho

Os banners com mensagens e mais de duas mil fitas foram colocados no último sábado ao lado do ginásio Cláudio Coutinho.Do local sairia no domingo, 7,