Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Luciana Oliveira

Rondônia: Governador Marcos Rocha não recebe indígenas que denunciam invasões em suas terras


Rondônia: Governador Marcos Rocha não recebe indígenas que denunciam invasões em suas terras - Gente de Opinião

O dia foi de mobilização em todo o país em defesa dos povos e territórios indígenas.

Em Porto Velho, começou na Universidade Federal de Rondônia – UNIR e terminou no centro administrativo do governo.

Vieram de longe lideranças de várias etnias, de aldeias de difícil acesso, para falar com o governador Marcos Rocha (PSL), mas não conseguiram.

Eles querem ser ouvidos e saber se o governador vai protegê-los ou apoiar as mudanças que potencializam conflitos.

A manifestação seguiu em frente ao palácio Rio Madeira.

É contra um presidente que já demonstrou desprezo aos povos originários e quer entregar as riquezas de seus territórios ao capital estrangeiro e ao agronegócio.

O recado é claro: “não é esse presidente que vai tirar o direito da gente”.

Pintura e canto de guerra.

Está na Constituição Federal o dever do estado de proteger a terra e a cultura dos povos indígenas.

São 519 anos de resistência.

Em Rondônia todas as terras indígenas são invadidas há muito tempo, mas com a posse de Jair Bolsonaro se tornaram mais frequentes e ousadas, próximas das aldeias.

Grileiros e madeireiros invadem áreas protegidas para lucrar destruindo a floresta.

Os indígenas estão em alerta e indignados com a transferência da Funai do Ministério da Justiça para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos e também com a da demarcação de terras para o o Ministério da Agricultura.

Se sentem menos protegidos e mais ameaçados.

A Comissão de Direitos Humanos da OAB-RO visitou uma aldeia no território Uru-Eu-Wau-Wau esta semana. O Ministério Público Federal também mandou representante para ver as enormes picadas abertas para roubo de Madeira. A Polícia Federal e a Funai estão cientes do perigo de confronto armado, porque as invasões são cessam.

Click e Veja os vídeos:

 

Galeria de Imagens

Duração: 8 minutos e 6 segundos | Visualizações: 564

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Luciana Oliveira

Acre e distritos de Porto Velho correm risco de isolamento por causa das chuvas

Acre e distritos de Porto Velho correm risco de isolamento por causa das chuvas

O Acre novamente sob risco de isolamento por conta do período chuvoso.Olha como está a BR-364 que liga o Estado vizinho ao restante do país.Os distrit

“A Igreja tem de ficar do lado de quem? Ao lado de quem promove a morte ou de quem busca a vida?”, pergunta bispo

“A Igreja tem de ficar do lado de quem? Ao lado de quem promove a morte ou de quem busca a vida?”, pergunta bispo

Humanitas Unisinos – O grupo de bispos brasileiros que prepara o Sínodo sobre Amazônia, previsto para ocorrer em outubro, em Roma, critica a presença

Trabalho escravo: Dados da Inspeção revelam perfil dos resgatados

Trabalho escravo: Dados da Inspeção revelam perfil dos resgatados

Quase metade dos trabalhadores maiores de 18 anos resgatados pelas equipes de fiscalização nunca teve emprego formal. Em 2018, a fiscalização encontro

BLOCO PIRARUCU DO MADEIRA ACERTA DETALHES DO DESFILE EM HOMENAGEM ÀS ESCOLAS DE SAMBA

BLOCO PIRARUCU DO MADEIRA ACERTA DETALHES DO DESFILE EM HOMENAGEM ÀS ESCOLAS DE SAMBA

Em reunião na quinta-feira, 31, ficou acertado como as Escolas de Samba da capital vão se integrar ao desfile do bloco Pirarucu do Madeira no próximo