Porto Velho (RO) sábado, 27 de fevereiro de 2021
×
Gente de Opinião

Luciana Oliveira

Falsa imagem define eleição da capital


Falsa imagem define eleição da capital - Gente de Opinião

Jauéra! Perdi mais uma.

Quem quiser dispute na sobra o ranço com os eleitos, reeleitos e os que irão para o segundo turno.

Tivesse apostado nos ‘filtros’ de discurso e imagem pra agradar o eleitorado, estaria eleita.

Preferi fazer o extraordinário: mapear os votos conscientes da minha cidade.

Ontem candidata, hoje jornalista que volta ao batente em paz com os votos que teve e em guerra com a realidade do eleitorado portovelhense.
 
Tiveram muito mais votos que eu alguns espertalhões, demagogos, popularescos e de falsa moral e fé cristã.
 
O segundo turno que se definirá no dia do meu aniversário não podia ser pior: Hildon Chaves ou Cristiane Lopes.
 
Como escolher entre prefeito e vereadora que cumpriram muito mal seus mandatos?
 
Ele propôs o que era ruim e ela deu voto favorável alegando não ter tido tempo pra ler.
 
É o triunfo da insensatez que a tal maioria do eleitorado nos força à escolha.
 
Meu voto será em branco, sem impureza, como a consciência que quero ter nos próximos quatro anos. Vou manifestar minha vontade de dizer não aos dois.
 
Vinícius Miguel, o que mais investiu no discurso de renovação de postura e gestão, perdeu para a conservadorona que usa maquiagem pesada e pior, colou em Breno Mendes, o ‘sem comentários’ por apelar ridiculamente e falsamente às causas e sentimentos populares.
 
Pra lá de bom, só Ramon. Ele teve quase 1500 votos à frente do raivoso bolsonarista Eyder Brasil.
 
E a Câmara de Vereadores, o que dizer?
 
Bom retorno aos que já fizeram vergonha por ação ou omissão!
 
Bem-vindos os desconhecidos estranhamente eleitos e os vereadores de grupos, não da sociedade como um todo! Eles seguirão prestando contas só às suas bases eleitorais.
 
O que devo chamar de desgraça é o encolhimento da representação feminina na Câmara.
 
De quatro, caímos pra duas vereadoras. Uma delas é mais do mesmo por ter forte base eleitoral e não ampla e visível atuação legislativa.
 
Foram milhares de milhares de votos de mulheres para homens. Triste demais.
 
Não é fácil engolir os resultados das eleições, mas temos que aceitar o ‘vale tudo’ e o ‘vale a pena ver de novo’ por força das urnas, ainda que a democracia tenha a cara exageradamente maquiada da Cristiane Lopes.
 
Aceitar sim. Me acomodar, jamais!
 
Como guerreira, beradeira, portadora de emputecimento e esperançamento crônicos, vou bater a poeira e seguir na luta pelos que me deram e os que não me deram votos de confiança.
 
Minha candidatura foi um ato de rebeldia, como pediu Pe. Júlio Lancellotti.
 
E meus votos também.
 
Vocês poderão ver alguns escolhidos neste domingo metidos em escândalos, omissões e maldades contra o povo.
 
Serão muitos os culpados. Nenhum terá sido meu eleitor ou eleitora.
 
Deixo a todos e todas uma mensagem do Pe. Júlio em referência a texto de Darci Ribeiro:
 
“O meu lado será sempre com os pobres, os fracos e os pequenos, os povos originários, os índios, a comunidade LGBT, o povo da rua. Estou muito feliz, porque não estou do lado de quem venceu. Estamos do lado da luta, dos que vão continuar lutando. Porque é imperativo lutar pela vida, pela dignidade da vida”.
 
Me rendo é nunca!

Sigamos com a alegria da luta.

Não me ofereci com imagem falsa.

Falsa imagem define eleição da capital - Gente de Opinião

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Luciana Oliveira

Performance Vácuo provoca reflexão sobre naturalização da violência contra a mulher

Performance Vácuo provoca reflexão sobre naturalização da violência contra a mulher

Vácuo é o corpo feminino que reflete os olhares, falas, pensamentos e ações de uma sociedade adoecida por uma cultura machista, misogina e sexista, qu

Painel em homenagem à vítimas da Covid é alvo de ataque em Porto Velho

Painel em homenagem à vítimas da Covid é alvo de ataque em Porto Velho

Os banners com mensagens e mais de duas mil fitas foram colocados no último sábado ao lado do ginásio Cláudio Coutinho.Do local sairia no domingo, 7,

COVID-19 se espalha no território indígena Paiter Surui em Rondônia

COVID-19 se espalha no território indígena Paiter Surui em Rondônia

Lideranças do povo que vive na Terra Indígena Sete de Setembro próxima ao município de Cacoal em Rondônia, pedem ajuda em vídeos e carta à sociedade p

Luciana Oliveira debate em seu blog  sobre a Sáude Pública e a pandemia em Porto Velho

Luciana Oliveira debate em seu blog sobre a Sáude Pública e a pandemia em Porto Velho

Nesta sexta-feira, 7, o BLOG DA LUCIANA OLIVEIRA vai falar de saúde pública,  da pandemia, especificamente do seu impacto em Porto Velho que segundo b