Porto Velho (RO) domingo, 16 de dezembro de 2018
×
Gente de Opinião

Luciana Oliveira

A ONDA BOLSONARO FARÁ BEM AO BRASIL. DEPOIS DE MUITO CALDO - Por Luciana Oliveira


A ONDA BOLSONARO FARÁ BEM AO BRASIL. DEPOIS DE MUITO CALDO - Por Luciana Oliveira - Gente de Opinião

 Não pense que é fácil para uma militante progressista concluir que o país precisa estrebuchar para recuperar o vigor de sua democracia.

Mas, convenhamos, estranho seria se não defendesse a soberania das urnas, por pior que seja o resultado.

É muito forte a representação que o PSL conquistou com Jair Bolsonaro, 52 cadeiras na Câmara contra 1 em 2014.

Em 2010, o partido não tinha nenhum senador e agora tem 4.

Entre as duas eleições, o número de policiais e militares eleitos para o Legislativo saltou de 18 para 73 e destes, 43 são do PSL.

Eduardo e Flávio Bolsonaro se elegeram com votações expressivas e até o ex-ator pornô Alexandre Frota, se deu bem defendendo os ‘valores’ morais, éticos, patrióticos e familiares de Jair.

Não é uma onda, mas um tsunami que devastou a consciência de uma parcela enorme da sociedade.

Nos estados que terão segundo turno para escolha de governadores, há disputa pelo apoio ao presidenciável de extrema-direita.

Em Rondônia, o candidato do PSDB, Expedito Júnior (ex-senador cassado), declarou apoio em sentido oposto ao de líderes tucanos como FHC e Alckmim.

A disputa será com o coronel Marcos Rocha que só por ser do PSL, se segurou firme na prancha quando ninguém apostava que conseguiria surfar na onda Bolsonaro.

O ‘larga que é meu’ é o triunfo da política do oportunismo nestas e outras plagas.

Passar por Bolsonaro, seus surfistas e eleitores, pode ser a única forma de recuperarmos o medo de sermos tragados pela onda do fascismo.

Os alertas foram dados pelos quantos do país e mesmo assim, a fila foi grande para o mergulho de cabeça.

É melhor já ir se acostumando com mais violência, porque absolutamente nada indica que é seguro correr o risco do presidente despreparado, mau e hipócrita.

Não pego essa onda que vai quebrar com violência e causar estragos que só serão recuperados com anos ou décadas.
Os ‘caldos’ deixarão muitos nus e talvez os vexames, nos devolvam a vergonha.

Parafraseando Rui Barbosa, “de tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus”, recuperemos o voto consciente.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Luciana Oliveira

Meritocracia por grau de parentesco na política

Meritocracia por grau de parentesco na política

Sugeri que recusasse título honorífico na Assembleia Legislativa de Rondônia.

Processos sobre magistrados em redes sociais são arquivados pelo CNJ

Processos sobre magistrados em redes sociais são arquivados pelo CNJ

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu, nesta terça-feira (11/12), arquivar os pedidos de providências instaurados contra 11 magis

Começa hoje a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

Começa hoje a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

Programação 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos – Porto Velho 10 a 14 dez – SENAC – Rua Tabajara, 539 – Bairro Panair – Porto Velho16 dez – Espaço Cu

Rumo às origens na 1ª Excursão Uruapiara - Festejo centenário de São Sebastião

Rumo às origens na 1ª Excursão Uruapiara - Festejo centenário de São Sebastião

O produtor Cultural Marcelo Maciel Nunes (idealizador e coordenador da excursão) , em parceria com o Instituto Minhas Raízes, da comunidade de Nazar