Porto Velho (RO) domingo, 22 de julho de 2018
×
Gente de Opinião

Luciana Oliveira

A CARA NOVA NA DISPUTA AO GOVERNO DE RONDÔNIA VIRÁ DO REDE SUSTENTABILIDADE - Por Luciana Oliveira


 

Gente de Opinião

Professor, advogado, jovem, novato na cena política e com uma robusta trajetória na proteção dos Direitos Humanos e na defesa das crianças e adolescentes. Esse é perfil do pré-candidato do Rede Sustentabilidade ao governo de Rondônia.

Até que o nome de Vinicius Valentin Raduan Miguel seja confirmado na convenção partidária, há cautela na exposição dos projetos que tornarão o debate eleitoral de 2018 mais interessante.

Os caciques da política rondoniense irão debater com um jovem que é especialista em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas, Mestre em Direitos Humanos e Política Internacional pela Universidade de Glasgow. Teve experiência no magistério como professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), da Faculdade Católica de Rondônia e, atualmente, é professor da Universidade Federal de Rondônia.

Na Universidade, passou por vários cargos e mandatos, tendo sido Chefe de Departamento de Ciências Sociais, coordenador de pós-graduação, integrante do Conselho Superior Acadêmico e da Comissão Permanente de Pessoal Docente, todos cargos eletivos.

Atualmente, encontra-se em estágio de conclusão de Doutorado em Ciência Política.

Vinícius é figura conhecida mais fora, do que dentro do estado. Se destacou em vários debates nacionais sobre segurança pública e Direitos Humanos, como Representante da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente (ANCED) no Conselho Nacional de Direitos Humanos e também no Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura. Coorganizou vários livros, sobre Relações Internacionais e também Direitos Fundamentais.

Gente de Opinião

Sua candidatura nasce da forma mais autêntica, por apelo do meio acadêmico e dos vários movimentos sociais em que milita.

“Minha vida foi dedicada ao estudo e ao ativismo social. Sempre tive em mente que a transformação política depende muitos dos que não têm mandato e por isso, fiz minha parte. Chegou a hora de ir além, contribuir para mudar esse estado de coisas que todos reclamam. Se a educação sempre foi apontada como elemento transformador fundamental, me sinto pronto para encarar esse desafio”, disse Vinícius.

Sobre a perspectiva de competir com políticos experientes, endinheirados e com azeitados currais eleitores, o pré-candidato disse que “a próxima eleição será determinante para o futuro do país, porque a sociedade quer uma nova forma de fazer política. O foco é fazer uma boa campanha e me dedicar à meta de expor ideias realmente novas, possíveis e transformadoras. Por isso recebi o convite da Rede Sustentabilidade e agradeço a oportunidade.”

Vinicius se filiou em agosto desse ano ao partido que é presidido por Neidinha Suruí também à frente da Kanindé, Associação de Defesa Etnoambiental.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Luciana Oliveira

Há algo errado em um país que proíbe os alimentos orgânicos e libera o veneno

Há algo errado em um país que proíbe os alimentos orgânicos e libera o veneno

O que precisamos é exatamente o oposto: ter cada vez mais alimentos saudáveis, sustentáveis ambientalmente e criar uma rede de políticas públicas par

Advogada denuncia caráter policialesco de reunião do Incra com camponeses

Advogada denuncia caráter policialesco de reunião do Incra com camponeses

Teria ocorrido na mais absoluta tranquilidade a reunião entre representantes da Ouvidoria Agrária Nacional, Incra e programa Terra Legal com as lidera

Há 4 anos, poder paralelo da “lava jato” influi na política e na economia do País

Há 4 anos, poder paralelo da “lava jato” influi na política e na economia do País

Boa parte da imprensa deixou de investigar, de garantir o contraditório, se convertendo num dócil e envenenado canal de comunicação de quem decidiu fa