Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Tenho pena


Tenho pena de não ser de um partido aliado do governo. Afinal se arranjam um empreguinho pro seu Crivella que nem a minhoca sabe por no anzol na pasta da pesca o que não fariam por mim? Talvez criar um ministério da Cachaça! Que boa idéia pra Dilmona me usar. Sinto apenas que não vai dar certo só porque não sou do PT! Isto é que é falta de sorte pra vc ver! E o entusiasmo com a candidatura do Dalton Di Franco no PDT foi tão grande que as línguas malditas já o chamam de “Dalton Saldanha”. Pelo amor de Deus mensageiro não apanha! E dizem que na eleição russa a oposição é que ficou puttin demais! Pra votar a favor do candidato do governo valia tudo. Mais até do que na UFC inclusive cegar os oió e meter o dedo! A turma do Putin jogou sem ter o menor medo! E ainda houve consultor da ONU que, não pediu segredo, e disse: -Eles aprenderam com o Chávez! Querendo aprender tô eu como, depois de ficar rouco de gritar “Berê!Berê” como explicar pra ela que meu empreguim devo ter, apesar de votar, sou bom de beber e de gritar!

Fonte: Candiru do Madeira / Jornal Alto Madeira

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: