Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Sangue em pó!


Todos sabem que tô com a vida muito pior que os "Fantasmas"! Também, nestes tempos de Pró-Rondônia, inverteram até o ditado.  Antes era depois da tempestade vem a bonança, agora, depois da fartura vem a fome.  Comprovei na pele: depois de uma baita fest food no encontro da bancada, só sobrou promessa! santo não liga.  Enquanto  eu quero emprego, tem mulher que não quer trabalhar na "vara". E, dona Flavia não quer meu ponto! Há algo errado num mundo onde inventaram sangue em pó! Só tendo paciência de Jó para esperar pelas CPIs que querem instalar.  Vou atrás do seu Neodi.  Abriu uma vaga no lugar do seu Vargas? Não tenho parente, seu Euclides, mas sou competente!  A Câmara só aceita denúncia madura! O Valverde.  Sem temer eu vou ao Temer, não importa a pasta.  Um empreguinho basta.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: