Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Óh, procurador malvado!


Há buracos e buracos.  Nem todos o peixinho frequenta.  Os da ruas de seu Roberto ou tem poeira ou lama.  E o peixinho é limpinho, e seletivo.  E tem medo da língua malvada do seu Paulo Ayres.  Não sou nem doente pra ficar falando de passagens!  E o Engenheiro anda doce, doce.   Não conto a razão.  Dizem que amoleceu até o coração!  E seu Cassol anda sendo perseguido.  Óh, procurador malvado!  Será que não dá um impreguim de auxiliar de defesa?  É pura inveja!  Ah!  Minha Nossa Senhora Dessatadora dos Nós, salvai seu Cassol pra nós (Eu, seu Cahúla, e seu Salsicha).  Até aparece praga do PT ou da CUT!  Só o peixinho não tem vez!  O Financeiro tá especial:  uma azeita e outra crau!  E o seu Sena tá uma beleza! "Promete todos os dias a CPI da Isonomia".  Agora quer que Silvernani e Moreira devolvam dinheiro.  Só rindo.  Pergunta ao Rubinho? Stop, meninas!  Agora sai até sapo do armário?  Outra seu Januário.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: