Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

O peixim


O peixim não pode deixar de registrar que nada como um dia atrás do outro e que há aniversários e aniversários. O do H. Dias e do Néri, o denominado rei dos cabelos de algodão, na Afron, foi supimpa com churrasco, mulheres bonitas e cerveja à vontade. Do Néri, porém, se espera o mesmo que do Santos na Argentina, depois de não jogar nada que se recupere! E outro aniversário fantástico: um ano da banda Rockup! Os meninos colocam mesmo o rock lá pra cima no Grego, que, pra quem não sabe, é o melhor pub da cidade. Até o Felipe Veras, com o Cleomar, já pintou por lá! E no capítulo das contratações o Botafogo desponta. Pro sonho não acabar contratou John Lennon. Se não jogar nada pode até fazer umas canções....E o clima na Assembleia tá tão pesado que nem seu Hermínio pára mais por lá....Também o homem é Coelho, logo, muito rápido! Aqui, pelo menos, não aparece nada de parecido com o torpedo que Cândido Vaccarezza mandou pro Sérgio Cabral dizendo que “você é nosso e nós somos teu”. Ou seja, é tudo muito mais normal. Uma pra manter a calma!

Fonte: Candiru do Madeira
 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: