Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Lula no Inferno


Lulex morreu.Direto no inferno. Não se conforma e pergunta:"Companheiro capeta, achei  que ia pro céu. O capeta ri e diz:  "Não, Lula, teu lugar é aqui."Inconformado: Foi por causa do mensalão? O capetão:- Não. Lulex - Por mentir que não sabia de nada? C - Não. L - Por causa dos 10 milhões de empregos que prometi e não criei? C – Não. - Por causa do bolsa esmola?C - Não. L –Foi a operação tapa buraco com empresas contratadas sem licitação? C - Não. L - Por ter protegido os companheiros corruptos? C - Não. L – Então foi que mandei tropas pro Haiti e não defendi nossas fronteiras? C - Não. Exausto pergunta: -Foi por não defender o Brasil humilhado pela Bolívia? C – Não. Meia hora depois: L – Então foi a omissão na declaração de bens..? C- Não! Nem por ser um péssimo presidente. Ainda assim poderia ter ido pro céu. L - Por que não fui? C - Deus não te aceitou lá. L -Por que não? C - Porque Deus é brasileiro e NENHUM BRASILEIRO DECENTE TE AGUENTA MAIS!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: