Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Lula eu também vou vaiar


Enfim concordamos, eu e o médico, que a questão não é a cachaça.  Sim a quantidade. A diferença é que, para mim, faz mal é pouco, para o dr., muito!  E quem sabe de cachaça sou eu!  Se bem que, igual ao PT, podem me acusar de usar o MPMR, o Método Petista de Modificar a Realidade, mas são os aloprados que querem estatizar a vaia criando a "Vaiabrás", com a companheirada bem paga pra vaiar o presidente, porém, será tarde!  Já teremos bebido toda a aguardente que tiver ncessidade!  E Lulex tá ficando bêbado de vaia!  Onde vai vaiam!  Se não levantar a moral até a Marisa vaia ele!  E tá com pesadelo:  "E se me vaiarem no exterior?  Pra onde vou?".  Muito calma nesta hora.  O pior nem começou!  Depois da camiseta com os dizeres "Eu vaiei Lula no Pan", já circulam os adesivos, em Cuiabá, "Lula eu também vou vaiar".  E tão dizendo que depois da vaia nossa de cada dia "Vaya com Dios" irmão do Vává"  Como acabar com a vaia?  Impeachment já!

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: