Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

E se alguém tinha dúvidas


E se alguém tinha dúvidas de que comer macarrão faz mal depois da carta de Bruno ninguém se arrisca a dizer que não. Dói nas costas e no coração! E, pra espanto geral, abriram o jogo: o problema vai muito além da segurança! Tem gente que esconde a falta de, digamos, levantamento, com a pança! Dizem que o problema se estende a área de transporte! Sei não, mas, o peixim nem aparece mais no local. Vá lá que este troço pegue! Dizem até que seu Coelho saiu correndo com medo do contágio! E a goleira norte-americana, hein, a Hope Solo foi pega num exame antidoping por ter usado remédio contra a TPM! Aqui o pessoal nem quer saber: TPM é motivo pra beber! E os corintianos tão impossíveis! Pra eles não basta apenas ser campeão. Vão secar o porco contra o Coritiba! Nunca antes o Coritiba teve tantos torcedores. Mas, com os atacantes diabéticos que tem nem adianta receber passes açucarados! De qualquer forma vou lá no Grego Original torcer. Dê o que dê, o que quero é beber!

Fonte: Candiru do Madeira


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: