Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

E o Demóstenes Torres


 
E o Demóstenes Torres, hein! Se tivesse cabelos agora os estaria arrancando, mas, jogo de bicho sempre foi de azar e mexer com bicheiro, então e ainda mais com o nome de Carlinhos Cachoeira só pode ter sido um momento de bobeira! Chuá!Chuá! Sem esquentar no fogão! E depois que seu K-sol disse que político é mal pago. Se político é mal pago, então, professor, hein? Que horror! Oh! Oh! Só cantando “Para nossa alegria” com a alegria da família do Youtube! E tia Fafá enterrou a candidatura de Miriam Saldanha no último domingo e rindo! Só seu Sobrinho não gostou, mas, pelo jeito, ninguém lá pelo PT ligou. Ligado ando mesmo no que seu Confuso anda fazendo. Até questiona emenda! Se bem que lá em Portugal já se sabe que “Pior a emenda que o soneto”. Tem certas inocências que não cometo, como, por exemplo, pedir um empreguim pro seu José Augusto. É capaz de me passar um remédio contra tédio ou adiar a contratação pra quando ganhar a eleição! É como esperar que o sertão vá virar mar. Uma que é melhor secar o bar!

Fonte: Candiru do Madeira / Jornal Alto Madeira
 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: