Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

E, como diz


E, como diz cumpadê Ciço, “Se você quer uma mulher que faça todas suas fantasias, então, case com uma costureira de roupa de carnaval”. Uau! E seu Ribamar jogou tudo pro ar! Saiu da Comissão Processante com um discurso trovejante, mas, seu Hermínio é Coelho e retrucou ligeiro:-Falou tem que provar! Ah!Ah! Minha pipa está no ar! E o Adriano dizem que um dia ainda vai jogar, porém, antes tem que perder um Ronaldinho! Não é se perder com o Ronaldinho nas baladas e sim o peso de um Ronaldinho Gaúcho! Não se joga bem com tanto bucho! Ah! Zu, eu quero é luxo! E o Papagaio fez aniversário! Comemorou com sua irmã, Adna, com seu Adilson Siqueira, seu Lobo com duas chapeuzinhos e com seu Maurilio Galvão no Lavrador. Foi cerveja de montão com muito amor e parabéns pra você! O ruim do Papagaio é que só repete, mesmo depois de finda a campanha: -Berê!Berê! E de nada mais quero saber. Desce outra que, com motivo ou sem, o meu negócio é beber!

Fonte: Candiru do Madeeira

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: