Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de outubro de 2021
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Aí, Márcio Moreno


Aí, Márcio Moreno, a cerveja do Kaxangas’s tá mesmo gelada. E do tira-gosto nada digo. Só como! E beber não dá futuro, mas, rende boas estórias. Inclusive a do chinesinho travesso-uma bem antiga- que soube que bom era o “bóson” da bôta, quase de mulher e mais lisinho. E diz a lenda, que os beradeiros contam que, como as cadelas, é só entrar que o bichim tranca. O curumim ficou vidradinho. E lançou um arpão na bôta, depois de muito caçar, e arrastou a bichinha até se cansar de Santa Fé à Costa Marques! Ò menino travesso! Mas, provou que as cabras do Guaporé são bôtas! Esta história nenhum historiador das ribanceiras conta! E ficam zoando comer animal é só no Nordeste! E a Maiara Vieira, hein! Pescou piranha de mais de 22 quilos! Cá pra nós, embora o costume por aqui, seja se fizer sombra e treze quilos, sou mais antigo: só pego piranha com mais de trinta quilos! E gosto mesmo é do caldo. E de cuscuz! Aí Jesus! Desce uma pinguinha pra me dar luz!

Fonte: Candiru do Madeira


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: