Porto Velho (RO) quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Carlos Henrique

Peritos obtém 34,81% no Incra e geram conflito


 
O reajuste conquistado pelo Sindicato dos Peritos Federais Agrários – SindPFA distribuiu nota comemorando a vitória obtida nas negociações que envolveram o Ministério do Desenvolvimento Agrário, Incra e Ministério do Orçamento, Planejamento e Gestão. O resultado disso, um reajuste salarial de 34,81%, dois terços dos quais serão pagos já na folha de janeiro exclusivamente para os Agrônomos, demonstra o despreparo governamental e o mais absoluto descaso para com os demais servidores do Incra. Foi o estopim para uma crise de resultados imprevisíveis, mas cujos efeitos pode-se antecipar que serão trágicos para o tratamento das gravíssimas questões agrárias em todo o país, especialmente no estado de Rondônia.
 
Nada contra a categoria representada pelo SindPFA, cujo trabalho merece reconhecimento. O que impressiona, contudo, é a falta de habilidade da administração petista na gestão de pessoal. De quem terá sido a ideia brilhante de privilegiar um grupo e segregar os demais dentro de um mesmo órgão. Se o pensamento era conquistar votos para a reeleição de Dilma Roussef, merece aplausos. Dos adversários, já que atrai menos de 10% dos servidores e joga todos os demais no colo da oposição.
 
E ainda distribuíram nota dizendo que “O MDA e o Incra reiteram que há uma importante agenda de valorização dos servidores na autarquia que precisa ser continuada, com a melhoria das condições de trabalho, a qualificação das tarefas desenvolvidas, além da preservação e da valorização do diálogo com as entidades que representam todos os profissionais do Incra”. Com toda a certeza, os demais servidores da autarquia não viram ainda qualquer sinalização desta festejada “valorização”.
 
Interessante observar que um dos pontos altos da visita de Dilma Roussef ao estado será justamente a entrega de cinco mil títulos de regularização fundiária, um trabalho espetacular desenvolvido pelo governo do estado em parceria com o governo federal/Incra. Pelo visto, as vaias programadas pelos servidores, para protestar em relação à transposição, serão engrossadas pelos servidores do Incra excluídos desse tal “diálogo” a que se refere o autor da nota.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Carlos Henrique

Williames Pimentel anuncia candidato a vice: Marco Antônio de faria

Williames Pimentel anuncia candidato a vice: Marco Antônio de faria

O candidato a prefeito de Porto Velho pelo MDB, o ex-secretário municipal e de estado da Saúde, Williames Pimentel, apresentou na manhã de ontem (18

Perícia técnica comprova fraude em denúncia contra o DNIT. PF não  investigou e enganou a justiça

Perícia técnica comprova fraude em denúncia contra o DNIT. PF não investigou e enganou a justiça

Não é a Brasília que o presidente da Assembleia, Laerte Gomes, deve encaminhar sua queixa contra o estado de conservação das rodovias federais em Ro

Fernando Máximo pode ter apoio de Marcos Rocha e Bolsonaro para ser candidato

Fernando Máximo pode ter apoio de Marcos Rocha e Bolsonaro para ser candidato

A considerar o que circula na imprensa, o secretário de Estado da Saúde, médico Fernando Máximo, está definitivamente contaminado pelo vírus da políti

Cheira mal: Sesau terá que explicar inoperância e custos exorbitantes da lavanderia do HB

Cheira mal: Sesau terá que explicar inoperância e custos exorbitantes da lavanderia do HB

Cheira a problemas o processamento de roupas hospitalares da rede pública no Hospital de Base. A julgar pela argumentação até agora apresentada, a Ses