Porto Velho (RO) terça-feira, 24 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Antônio de Almeida

Tributo a Nelson Mandela


 Tributo a Nelson Mandela  - Gente de Opinião

NELSONHolihlahla MANDELA, nasceu em Mvezo, em 18 de julho de 2018, e morreu em 5 de dezembro de 2013, em Joanesburgo, África do Sul. Advogado de formação, líder revolucionário, sendo eleito para presidente da África do Sul, onde governou o país do período de 1994 a 1999. Ganhador do Prêmio Nobel da Paz, em 1993, em parceria com o ex-presidente da África do Sul, Frederik de Klerk, que iniciou o término do regime segregacionista da África do Sul e o libertou da prisão.

█  A tradução e o significado do mito MENSON MANDELA pode ser  resumido com uma única premissa: Unanimidade mundial entre todos os povos e raças da terra, de todos os tempos, em todos os continentes, em todas as nações, entre  todos os níveis sociais, de todos os credos, dos mais diversos ideais e de todas as idades. Qual o ser humano que atingiu este nível de aceitação e de unanimidade?

█ A resposta parece ser óbvia, lógica, simples e material. Quando se busca as palavras para explicar a fórmula que materializou um mito em vida e que entra para história mundial como referência e reserva de caráter inegociável da criatura humana, símbolo maior da resistência física e biológica — quando foi condenado à prisão perpétua e cumpriu por mais de 27 anos de prisão — quando colocou as idéias acima de sua existência humana, com a convicção e em  busca da destruição do aparthaid – em seu regime de segregação racial da África do Sul.

█ Certa vez o escritor e jornalista Nelson Rodrigues falou que “a unanimidade é burra” e esta afirmativa já estava se transformando verdade, em nossa linguagem tupiniquim, até nossos dias. Hoje, comprova-se que o nosso Nelson cometera um pequeno equívoco e que a unanimidade, de fato, não é burra — ao se comprovar que o homem que criou “Bonitinha, mas Ordinária” exagerou em fazer tal afirmativa, porque hoje se verifica que realmente o Mandiba – nome tribal que ficou conhecido o NELSON MANDELA —, é uma UNANIMIDADE MUNDIAL.

█ Após o anúncio da morte de Nelson Mandela, dia 5 de dezembro de 2013, vamos reproduzir a reação mundial sobre a notícia veiculada na grande mídia mundial:

v  em Washington, o presidente americano Barack Obama lamentou o falecimento do líder africano, com a seguinte citação: “Eu não poderia imaginar a minha vida sem o exemplo que Nelson Mandela deu”. “ Ele não nos pertence, pertence à história”.

v  O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, deu ênfase o compromisso de Nelson Mandela “com os ideais de humanismo e justiça”.

v  Na China, a repercussão foi no formato de comoção massiva, onde Mandela era muito querido e tratado como “velho amigo”.

v  No Vaticano, o Papa Francisco fez elogios a Nelson Mandela e se referiu a sua formação  junto à Igreja Metodista. Complementando, o Papa Francisco afirmou: “Que o exemplo do ex-presidente inspire gerações”.

v  Na Venezuela, o presidente Nicolás Maduro decretou luto por três dias.

v  No Brasil, a presidente Dilma Rousseff classificou Nelson Mandela como “personalidade maior do Século XX e decretou luto oficial por sete dias.

v  No Brasil, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa afirmou: “O mundo fica mais pobre de coragem’.

v  No Brasil, Edson Arantes do Nascimento (Pelé) afirmou: “Nelson Mandela foi uma das maiores influências da minha vida”.

█ Logo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou conhecimento da morte de Nelson Mandela divulgou nota de condolências, com o seguinte teor:

Nelson Mandela foi uma das mais importantes lideranças políticas do nosso planeta. Sua história de lutas inigualável, um exemplo de determinação, de perseverança e de quanto é importante a disposição para o diálogo entre os homens. Será sempre o maior símbolo mundial na busca da paz, da democracia e da inclusão social. O Brasil e o mundo estão de luto. Tive a imensa honra de conhecê-lo e estar com ele em momentos muito especiais. Agora, Mandiba se foi mas deixou para todos nós os seus ensinamentos inesquecíveis.”

█ Aproveitando o trem da história e das homenagens que se transcreveu e se mostrou neste espaço — sobre a morte de Nelson Mandela — e nesta oportunidade de tantas mensagens de solidariedade da morte do líder sul-africano, como símbolo e exemplo de dignidade da criatura humana, que se tornou em vida e se materializa com a sua ascensão para o oriente eterno, quero, também, complementar com uma mensagem que pode muito bem expressar os nossos sentimentos, desabafar e retirar a Espinha na Garganta que engasga a todos nós:

·         Somente com um caráter incorruptível que consagrou e materializou uma personalidade como a de Nelson Mandela, sem sombra de dúvida de uma criatura humana da melhor qualidade — quer como líder revolucionário, quer como político-pacifista e expressão maior dos séculos XX e XXI —  podem justificar toda esta unanimidade mundial em torno de sua personalidade, de sua obra social, em busca dos ideais e de melhorias de vida para o povo sul-africano, com reflexos para todos os continentes;

·         O exemplo deixado por Nelson Mandela deve ser seguido e imitado por todos os líderes políticos, de todos os continentes, de todos os países de todo o planeta;

·         Os dividendos políticos que colheu a população da África do Sul, semeados e colhidos com as ferramentas dos ideais de Nelson Mandela, devem servir de referência e inspirar os políticos de todos os continentes que se farão presentes e que prestarão suas últimas homenagens — durante este grande evento de despedida e de comoção nacional e mundial que estão sendo prestadas ao grande líder e político-pacifista sul-africano;

·          Que todos os 91 (noventa e um) chefes de estados, ex-chefes de estado convidados e de delegações que estarão presentes aos funerais do líder sul-africano Nelson Mandela façam bastante reflexão, façam um verdadeiro exame de consciência, tirem suas conclusões e descubram onde foi que erraram – especialmente, aqueles que não perdem a oportunidade de levar vantagem em tudo e que têm o hábito em facilitar as coisas para os companheiros — e façam uma projeção de como serão seus respectivos funerais.

·         Já que a presidente Dilma Rousseff teve a brilhante idéia em levar como convidados especiais de sua comitiva para participarem dos funerais do líder sul-africano Nelson Mandela, os ex-presidentes da República do Brasil, tais como: José Sarney, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor de Melo e Luiz Inácio Lula da Silva a sugestão que se faz aqui é óbvia e ululante: solicitar dos convidados que façam muita reflexão, reflexão e reflexão e pensar e meditar onde e como foi que todos erraram. Será que com uma semana de reflexão seria suficiente para reconstituir e relacionar as falhas?

                                    PENSAMENTO DO DIA

Nelson Mandela teve a capacidade de materializar um sonho de liberdade, provou para o mundo que é possível fazer uma guerra sem derramar uma gota de sangue e que o ideal de um homem é uma poderosa ferramenta capaz de deslocar o eixo da terra, de transformar e mudar o destino dos habitantes do planeta.


                                (Antônia de Almeida Sobrinho, em entrevista)

[email protected]

Tenham todos um bom dia.

Antônio de Almeida Sobrinho é graduado em Engenharia de Pesca  e Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente e Membro

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Antônio de Almeida

ESPINHA NA GARGANTA - Piscicultura tem destaque no Sul do Amazonas

ESPINHA NA GARGANTA - Piscicultura tem destaque no Sul do Amazonas

Como parte da política conjunta adotada pela gestão do prefeito de Humaitá — Dedei Lobo — e, do Governador Wilson Lima —, a SEMAPA – Secretaria de A

 A educação do Brasil - Tsunami da Era PT

A educação do Brasil - Tsunami da Era PT

Em épocas bem recentes, não faz muito tempo, que um aluno que concluía a 5ª Série de primeiro grau este estava preparado para ser sabatinado em toda

Bolsonaro pode ter celular apreendido?

Bolsonaro pode ter celular apreendido?

De acordo com o texto constitucional da Constituição Federal de 1988, “assegurando em nível de cláusula pétrea, e visando, principalmente, evitar qu

As 5 maiores pandemias globais: do coronavírus  à peste bubônica

As 5 maiores pandemias globais: do coronavírus à peste bubônica

[I] NOVO CORONAVÍRUS O novo Coronavírus (COVID-19) é caracterizado como uma doença infecciosa tendo como causa um novo vírus que causa graves prob