Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Antônio de Almeida

Piscicultura legalizada: Lucro assegurado


Piscicultura legalizada: Lucro assegurado - Gente de Opinião

Prezado Piscicultor: Bom dia.

            Conhecemos de perto os problemas que vem enfrentando a piscicultura no estado de Rondônia, especialmente com a falta de rumo, a carência e precariedade com a assistência técnica e dificuldade de acesso a pessoal técnico qualificado para trabalhar na regularização ambiental da piscicultura que possa lhe ajudar e deixar a sua piscicultura dentro das normas e exigências do órgão ambiental responsável por esta área do setor primário e, assim, para que todos tomam um rumo certo para superar as principais dificuldades enfrentadas: assistência técnica de qualidade e preço justo para a produção de pescado.

            Os nossos primeiros trabalhos de implantação da piscicultura foram muito solitários, enfrentamos muitas dificuldades e tivemos que ser fortes e lutar para não desistir. Agora,  que a árvore começa a dar os primeiros frutos não deveremos permitir que os “aproveitadores, os abnegados e os benfeitores, os falsos apoiadores de plantão” venham se beneficiar com o suor derramado de cada um de todos vocês.

            A maioria dos Projetos de Piscicultura de Rondônia tem alguma pendência junto ao órgão ambiental municipal, estadual e federal.

Nós estamos com uma equipe técnica de plantão, com vários profissionais devidamente qualificados, com graduação em Engenharia de Pesca para atender suas necessidades nos mais diversos setores da atividade de criação de peixes, documentação ambiental, dentre outros.

Para que você possa vender a sua produção por um preço justo torna-se necessário que a sua atividade esteja devidamente licenciada e legalizada. Evite prejuízos e pagar multas desnecessário. Nos procure, hoje mesmo, e veja o que temos a te oferecer:

ELABORAR OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

PRAD – Plano de Recuperação de Áreas Degradadas – caso existam passivos ambientais e áreas para serem reflorestadas;

PCA – Plano de Controle Ambiental

            Licença Prévia (L.P);

          Licença de Instalação (L.I);

          Licença de Operação (L.O).

CAR – Cadastro Ambiental Rural;

EIA/RIMA – Relatório de Impacto Ambiental/ Relatório de Impacto do Meio Ambiente;

RMA – Relatório de Monitoramento Ambiental;

CVA – Certidão de Viabilidade Ambiental;

Cadastro de Piscicultor Profissional;

Projeto Técnico-Econômico para piscicultura em Viveiros Escavados;

Projeto Técnico-Econômico para piscicultura em Tanques-rede;

Projeto Técnico-Científico para Unidade Experimental de Aquicultura.

Quando você se trona nossos clientes, você terá assistência técnica em piscicultura gratuita durante 3 (três) meses.

Evite os espertalhões e exija experiência e qualidade comprovada.


Nossos contatos:

E-mail: almeidaengenheiro@yahoo.com.br

WhatsApp: (69) 9 9220-9736

Blog ESPINHA NA GARGANTA

Twitter aas@almeida.com

             Tenham todos um feliz final de semana.

Antônio de Almeida Sobrinho tem Graduação em Engenharia de Pesca, UFC, com Pós-Graduação (Lato sensu) em Tecnologia do Pescado FAO/UFRPE; Pós-Graduação (Lato sensu) em Análise Ambiental na Amazônia Brasileira – UNIR/CREA-RO; Pós-Graduação (Lato sensu) em Metodologia do Ensino Superior – UCAM/PROMINAS; Pós-Graduação (Stricto sensu), em nível de Mestrado, em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente – UNIR e escreve periodicamente nos seguintes

Blogspot: ESPINHA NA GARGANTA

E-mail: almeidaengenheiro@yahoo.com.br

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Antônio de Almeida

A fábula do índio com duas serpentes: Qual deve ser alimentada?

A fábula do índio com duas serpentes: Qual deve ser alimentada?

                      COBRA DO MAL                                                                     COBRA DO BEMUm velho índio de nome jamais reve

Resposta à piscicultura: Por que alguns peixes têm gosto de barro?

Resposta à piscicultura: Por que alguns peixes têm gosto de barro?

Pescado saudável.             Pescado com gosto de barro.Quase sempre somos questionados sobre o porquê do gosto de barro em algumas espécies de pei

Cacheira de Santo Antônio: No salto, desespero e milagre.

Cacheira de Santo Antônio: No salto, desespero e milagre.

Será que tem algum terráqueo que não tenha medo da morte?

Piscicultura em Rondônia: Como tudo começou.

Piscicultura em Rondônia: Como tudo começou.

Primeiro dia da Primavera de 1978, mês de setembro, dia 22, sexta-feira, então Território Federal de Rondônia,  manhã sem sol, com muitos sonhos e