Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Antônio de Almeida

Lula: 'Quem te viu, quem te vê'



█ Vejam a postura e o pensamento do então presidente LULA quando caiu e explodiu a bomba do MENSALÃO, em 14 de maio de 2015

█ No dia 14 de maio de 2015, veiculou na mídia nacional, com publicação de destaque na Revista Veja, quando revela com detalhes, com vídeo e texto, o flagrante com o ex-Chefe do DECAM/ECT, recebendo propina – história esta que foi contada em versos e prosas, repetidas centenas e milhares de vezes — e como tudo começou, se multiplicou, se proliferou e se materializou o famigerado Mensalão, considerado como o maior assalto aos cofres públicos de todos os tempos da República Federativa do Brasil.

█ Em 12 agosto de 2015, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva convoca uma reunião ministerial para falar sobre o Mensalão e com um tom de indignação brada em alto e bom som: “Eu me sinto traído por práticas inaceitáveis, indignado pelas revelações que chocam o País e sobre as quais eu não tinha qualquer conhecimento. Não tenho nenhuma vergonha de dizer que nós temos que pedir desculpas. O Governo, onde errou, precisa pedir desculpas”.

█ Após a constatação e início das investigações e de depoimentos de toda a rede envolvida com o esquema do Mensalão, o então presidente Lula negou de pés junto que não sabia da existência de nenhum Mensalão e, por último, ao depor na Polícia Federal, afirmou que foi avisado pelo delator do esquema, o réu confesso e então Deputado Federal e então presidente Nacional do PTB Roberto Jerfferson.

█ Vejam, agora, o pensamento e a postura do então presidente LULA quando tomou conhecimento das prisões de 11 dos 12 condenados pelo STF, envolvidos no esquema do Mensalão, no dia 15 de novembro de 2013.

█ De acordo com a matéria veiculada na mídia nacional, logo ao tomar conhecimento da expedição dos mandados de prisões assinados pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, nesta última sexta-feira, 15 de novembro de 2013, o então presidente Lula telefonou para o ex-ministro José Dirceu e para o ex-presidente do PT, José Genuíno, e afirmou: “estamos juntos”. Segundo a matéria publicada na grande mídia nacional e que circula nas redes sociais, este gesto de solidariedade com os antigos companheiros dos vermelhos é uma sinalização de culpa, de mea culpa” hoje todos presos pela Polícia Federal e já começaram a cumprir suas respectivas penas no Presídio da Papuda, em Brasília.

.█ Vejam o pensamento e a aclamação de internautas que circulam na mídia eletrônica, com ênfase especial nas redes sociais, como Facebook e Twitter, sobre o ex-presidente LULA, em relação ao desfecho do Mensalão. A maioria dos internautas pedem a inclusão do ex-presidente Lula no banco dos réus e incluído como um dos mais novos moradores do Presídio da Papuda.

.█ Nesta segunda-feira, 18 de novembro de 2013, os internautas utilizaram as redes sociais, como Twitter e Facebook, para comemorar a prisão dos 11 condenados do mensalão o que chamam de “luta contra a impunidade” e para pedir, também, a detenção do ex-presidente Lula, a quem eles atribuem como a liderança do grupo.

.█ As redes sociais não perdem oportunidades para explorar, também, o lado político, com ênfase especial, através de Facebook e do Twitter, no exato momento em que a consciência popular da maioria da população brasileira passou a despertar e acordar do sono do discurso bonito, com prática mal acabada e suja, e sobre a complexidade e sobre os males que causam a corrupção para toda a sociedade e ter a verdadeira noção da gravidade e da truculência que a cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) causou à população brasileira. Meteram a mão no bolso da população brasileira, sem pena e sem dó, enquanto pregam a honestidade, a equidade e a probidade, em todos os setores da economia.

.█ O que mais chocou a população foi o resultado das investigações do esquema do Mensalão, com a participação direta da segunda pessoa mais poderosa do Governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, (José Dirceu) e, portanto, com a participação do Governo, tendo como um dos acusados e como o líder-coordenador do esquema, segundo o processo do Mensalão, o ex-chefe da Casa Civil José Dirceu, tendo a seu favor todos os poderes da República — de distribuição farta de milhões de reais – desviados do bolso do trabalhador brasileiro, como mesadas para os líderes dos partidos aliados, aos asseclas e afins e para os próprios, para os filhos e netos.

.█ O volume de recursos desviados no esquema do Mensalão ultrapassa a bagatela de R$ 350.000.000,00 (Trezentos e cinquenta milhões de reais). Segundo outras fontes, o volume de recursos financeiros que fora oficializado durante as investigações do esquema do Mensalão, seria apenas uma ponta do iceberg, estando, portanto, o grosso da roubalheira depositado em paraísos fiscais e investidos em nomes de terceiros, de laranjas, de tangerinas e, se duvidar, até em nomes de limão galego e de outros cítricos e afins.

.█ Após a conclusão de todos os processos e executadas as prisões de todos os condenados do esquema do Mensalão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista, nesta segunda-feira, 18, prometeu falar com a imprensa e a se posicionar e a falar sobre o Mensalão.

.█ Temos uma excelente e oportuna sugestão para oferecer ao ex-presidente Lula: “por favor, fala em rede nacional, ao vivo e a cores, para o povo brasileiro: ... “que nunca antes na historia deste país se roubou tanto no Brasil como nos oito de anos do governo do PT e que o José Dirceu, — na verdade, na verdade, e a verdade deva ser dita, custe o que custar — nunca foi o Líder e nem o Gestor do esquema do Mensalão e, sim, apenas um dos assistentes”.

.█ Nesta segunda-feira, 18 de novembro de 2013, os internautas utilizaram as redes sociais, como Twitter e Facebook, para comemorar a prisão dos 11 condenados do mensalão o que chamam de “luta contra a impunidade” e para pedir, também, a detenção do ex-presidente Lula, a quem eles atribuem como a liderança do grupo.

.█ Em Carta Aberta, “os presos políticos” José Dirceu, José Genuíno e Delúbio Soares (como estão sendo chamados por familiares e pela militância do partido) agradecem a solidariedade dos companheiros do partido dos vermelhos e reforçam o quesito humilhação que estão passando no Presídio da Papuda.

.█ Eu acredito que a maior humilhação e desespero que um ser humano possa conviver e passar é ao ver seus filhos passarem fome e não ter como atendê-los — porque o dinheiro que este pai de família poderia obter, através de um emprego descente, fugiram para os bolsos e para os paraísos fiscais dos ladrões do Mensalão. Deveriam ter pensado nesta humilhação bem antes de participar da roubalheira, agora, a Inês é morta, e vão ter que ouvir e aguentar a cigarra cantar, até cansar.

CONTRAPONTO & MENSALÃO

Toda a gestão do Governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve a marca e os traços fortes da personalidade populista do líder sindical Luiz Inácio, com os seguintes detalhes: concentrador de poder; se inteirar de tudo que ocorre em seu entorno; se informar sobre tudo que se passa dentro dos partidos aliados; se inteirar sobre o que pensam os líderes aliados; mantê-los como bases de sustentação como fies escudeiros e aliados confiáveis; ter plena garantia de aprovação de projetos de interesse do governo.

Dentro deste raciocínio político, em matéria recente publicada na mídia eletrônica, o escritor e poeta Ferreira Goulart pontua indicadores de personalidade forte e populista semelhantes a nossa e que ambas deságuam no arcabouço das diretrizes de governo totalitário, com característica de ditadura de esquerda, de governo populista. Com um governo que atua dentro desta linha de trabalho e de raciocínio, que incentiva o assistencialismo, o paternalismo, com distribuição de vantagens para a população, em detrimento ao incentivo à produção e ao crescimento econômico do país e tem a CORRUÇÃO como aliada, como instrumento de continuísmo, através de distribuição de alimento para mais da metade da população e de mesadas para os aliados, como instrumento para se manter com o “status quo” de governança, ao lado de seus aliados de sustentação política, com um ponto chave marcante: não possibilitar a diluição do poder para evitar o enfraquecimento de suas energias.

Temos como exemplo material, a ex-ministra Marina Silva e o ex-ministro Eduardo Campos que como auxiliares do Governo Lula se fortaleceram e ameaçam ruim o seu patrimônio eleitoral, como virtuais candidatos — tudo que o Mensalão se propôs evitar, mas, neste caso, o Governo perdeu o controle.

Centrado no foco de força e de poder, Governo do PT buscou fazer a travessia de seu projeto de governo, com as necessárias calmarias, em águas lênticas, que lhe são necessárias para realizar o seu intento, e, assim, perpetuar a sua legenda política no poder — e se permanecer como um soberano-blindado de quaisquer máculas e dúvidas, e que aqui no Brasil recebeu o nome de MENSALÃO, erroneamente, que muito bem deveria ter sido batizado com o nome de ROUBALHEIRA GENERALIZADA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES COM SEUS ALIADOS POLÍTICOS E ASSECLAS.

PENSAMENTO DA SEMANA

Não se pode conceber a tamanha cara de pau de familiares do Deputado Federal licenciado e preso do Mensalão José Genuíno fazerem vigília no portão principal do Presídio da Papuda expondo faixas com as palavras de ordem: “liberdade para os presos políticos”. Por aí se pode ter a verdadeira noção de que até a família de político que participa da roubalheira acredita que o povo não tem noção das coisas e que a população vivi sonhando com a lua ou está com o bom senso de ponta-cabeça. (Antônio de Almeida Sobrinho, em entrevista recente)

Antônio de Almeida Sobrinho é Engenheiro de Pesca e Analista Ambiental na Amazônia Brasileira, Especialista em Tecnologia do Pescado pela FAO/UFRPE, e Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Celulares: (69) 8111-9492 e (69) 9919-8610


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Antônio de Almeida

Se preso, queriam o Lula livre: quando livre, não sabem o que fazer.

Se preso, queriam o Lula livre: quando livre, não sabem o que fazer.

O ‘MOVIMENTO LULA LIVRE’ está copiando aquela velha e degastada fábula do “Cachorro e o Caminhão” — que sempre que o CAMINHÃO passava com velocidade

Enfim, Lula livre: este é o país que queremos?

Enfim, Lula livre: este é o país que queremos?

Quando éramos crianças se alguém chegasse com um objeto desconhecido em casa que não nos pertencesse, mesmo que encontrado sem dono, éramos obrigado

Pescado na merenda escolar - Saúde e inclusão social

Pescado na merenda escolar - Saúde e inclusão social

PRODUÇÃO DE PESCADOO estado de Rondônia considerado estatisticamente como maior produtor de pescado do Planeta com as espécies tambaqui (Colossoma m

Cadeia produtiva do pescado: Em Rondônia, tudo certo?

Cadeia produtiva do pescado: Em Rondônia, tudo certo?

[ ... e lá estavas TU para, com o dedo em riste, definir e falar a ordem do dia ... ].            Ao analisar o atual estágio da cadeia produtiva de