Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Antônio de Almeida

A RENÚNCIA DE MICHEL TEMER: A HORA H DO ADEUS . . .


 A RENÚNCIA DE MICHEL TEMER:  A HORA H DO ADEUS . . .  - Gente de Opinião

Este adágio popular pode agora ser usado por
todos que chamavam o presidente Michel Temer de Golpista.

Para os partidários e ferrenhos defensores dos petralhas e apaixonados seguidores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-presidente Dilma Rousseff não poderia acontecer uma notícia melhor, neste 19 de maio, do que a ‘renúncia do presidente Michel  Temer’, mesmo sabendo que com este ato o Brasil tenderia a ter o agravamento de sua crise  e, consequente, todos os brasileiros seriam ainda mais afetados, uns mais e outros menos; as reformas  seriam todas paralisadas e o país sofreria abruptamente  com os solavancos de uma nova crise, dentro de uma recessão sem precedentes da história política, em toda sua história, quando para os geradores deste episódio político o que prevalece é ‘a lei do quanto pior, melhor’.

Na atual conjuntura política para salvaguardar o Brasil de um agravamento da crise — que possa piorar e até decompor a economia do país, o presidente Michel Temer tem o dever cívico e patriótico em anunciar a a CARTA DE RENÚNCIA do cargo que ocupa, de uma maneira honrosa e menos traumática para todos: Brasil, povo brasileiro e poderes constituídos.

Todos que estão hoje na rua, bradando em alto e bom som e exigindo a renúncia do presidente Michel Temer não deve esquecer que o TEMER foi gerado pela administração do Partido dosTrabalhadores (PT) para eleger a candidata Dilma Rosseff, nas eleições presidenciais de 2010  e 2014, e que a JBS é uma ‘bolha emblemática’, gerada com bilhões de reais do povo brasileiro, com recursos financeiros do BNDES, concedidos de forma arranjada e duvidosa, que é o estopim, fumaça, labareda e explosão de toda esta crise que vitimou a provável renúncia do presidente da República e que, também, é uma obra genuinamente gerada no cérebro dos principais dirigentes petistas.

Para conquistar o poder e para reconquistar os preciosos ovos de ouro, perdidos com o impeachment da então presidente Dilma Rousseff, e, agora, para tentar reconquistá-los, os seguidores de Lula não terão escrúpulos e qualquer caminho será válido para atingir seus objetivos e realizar suas metas.

Para tanto, quem acompanha o ‘modus operandi’ dos militantes do PT não têm dúvidas em afirmar que este senário montado pela JBS tem ‘aquele ‘dedinho que sumiu do líder petista’ e que possibilitou e viabilizou a homologação da Delação Premiada dos diretores da JBS e fez um straik no governo do presidente Michel Temer e implodiu as pretensões do Senador tucano Aécio Neves, que caíram de formas vergonhosas e imperdoáveis, se assemelhando a dois patinhos na lagoa.

Com a renúncia de Michel Temer, deverá assumir a presidência da República o presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Federal Rodrigo Maia, que no período de 30 dias terá o papel em convocar e realizar eleições indiretas, contando com os votos dos 513 Deputados Federais e de 81 Senadores da República.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Antônio de Almeida

Brasil bolivariano: Êxtase do caos - Por Almeida

Para quem ainda não tinha visto o pleno êxtase do caos do sucesso do regime bolivariano e nem havia ouvido falar sobre as consequências deste famigera

Bolsonaro: Trovoadas e ventanias - Por Almeida

Bolsonaro: Trovoadas e ventanias - Por Almeida

O eleitor brasileiro chegou ao limiar de sua tolerância e está com a paciência na ponta do pé e doido pra chutar o pau da barraca, chutar a bananeira,

O pré-candidato Geraldo Alckmin: Estratégias de vitória - Por Almeida

O pré-candidato Geraldo Alckmin: Estratégias de vitória - Por Almeida

 O eleitor do Brasil de tanto votar em candidatos errados e corruptos vem aprendendo com seus próprios erros e tem se tornado uma espécie de ‘gato esc