Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Anísio Gorayeb

Nossos prédios históricos



O município de Porto Velho completará em 2011, 96 anos de emancipação, e desde então, preserva alguns prédios históricos. Infelizmente alguns já não existem mais, ou mudaram suas características, como muitas casas do bairro Caiarí. Vamos descrever alguns destes prédios e suas curiosidades.

O Edifício Monte Líbano, na Rua José de Alencar, foi o primeiro prédio a ser construído todo de alvenaria. Sua obra iniciou em 1915, e pertencia ao libanês Jorge Bichara. Foi construído por etapas, e somente em 1950 foi totalmente concluído, e permanece da mesma até hoje.
 

Nossos prédios históricos  - Gente de Opinião
Edifício Monte Líbano, situado na Rua José de Alencar esquina com a Rua Floriano Peixoto. (Fonte: Acervo Esron Meneses)


Neste prédio funcionou no passado a Caixa de Aposentadoria e Pensões dos funcionários da EFMM, Loja comercial do Sr. Abdon Bichara e a agência da Cruzeiro do Sul. Algum tempo depois foi sede do antigo INAMPS (Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social), hoje INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Outro prédio muito importante daquela época era o já extinto Clube Internacional. Este clube ficava na Rua Sete de Setembro, onde está hoje o Clube do Ferroviário. O mesmo era todo em madeira e foi construído na época áurea da EFMM. 

 

Nossos prédios históricos  - Gente de Opinião
Na década de 20, o antigo Clube Internacional na Rua Sete de Setembro. Hoje no local está o Clube do Ferroviário. (Fonte: Acervo Esron Meneses)


O Internacional antes era conhecido como prédio do General Mess, e na época era um enorme refeitório onde eram servidas duas mil refeições diárias aos funcionários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. O Clube Internacional foi inaugurado em 15 de novembro de 1919.
 

Nossos prédios históricos  - Gente de Opinião
A imponência das Três Caixas d’Água, na época em que abasteciam a cidade de Porto Velho e ainda tinham suas coberturas pintadas de branco. (Fonte: Acervo Esron Meneses)


Outro monumento que também foi construído na mesma década foram as Três Caixas d’Água, que posteriormente se tornaram o símbolo da cidade de Porto Velho. Cada uma delas tinha capacidade de armazenar 200 mil litros d’água. A primeira foi montada em 1910 e as outras duas foram concluídas em 1912. As peças vinham dos Estados Unidos e eram montadas como se fosse um grande quebre-cabeças.

As caixas d’água eram conhecidas também como “Três Marias”, e o projeto de construção fora da companhia americana Chicago Bridge Iron Works. Elas eram pintadas de preto e tinham as coberturas pintadas em branco. Desde sua inauguração abasteceram toda a cidade, e foram desativadas em 1957. No ano de 1988 foram tombadas como patrimônio histórico.

Outro imóvel que também não existe mais é o Mercado Municipal, suas instalações foram destruídas por um misterioso incêndio ocorrido em 1966. Suas obras iniciaram em 1915, na época do Superintende (cargo equivalente a prefeito) Major Fernando Guapindaia, porem só foi concluído em 1950, suas obras ficaram paralisadas durante 15 anos, e foi inaugurado na gestão do Prefeito Ruy Cantanhêde. 

 

Nossos prédios históricos  - Gente de Opinião
Mercado Municipal em sua configuração original, na esquina da Rua Presidente Dutra com a Rua Henrique Dias. (Fonte: Acervo Esron Meneses)


Foi construído pelo português Pedro Renda, e tinha quatro portões de entrada, um para cada rua da quadra. Tinha 44 boxes distribuídos numa área de 1405 m2 de construção. Era o maior centro de compras da cidade. Atualmente no local se encontra o Mercado Cultural, que preserva o mesmo estilo, e o Edifício Rio Madeira.

Estes eram alguns dos nossos monumentos históricos. Voltaremos a falar de outros prédios brevemente.

Fiquem todos com Deus...

Até a próxima.

ANISIO GORAYEB
 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Anísio Gorayeb

Nota de Pesar - Odacir Soares

Nota de Pesar - Odacir Soares

ODACIR SOARES*31/10/1938+12/09/2019Consternado com o fato, sinto o doloroso dever de informar o falecimento do Presidente do Sistema Rondônia de Rádio

Hokney França, grande pesquisador e detentor do maior acervo da História de Rondônia

Hokney França, grande pesquisador e detentor do maior acervo da História de Rondônia

Meu amigo Hokney França, grande pesquisador e detentor do maior acervo da História de Rondônia, incluindo recortes de jornais e fotos desde a década d

Um tempo de pessoas mais amigas, mais humanas e mais próximas

Um tempo de pessoas mais amigas, mais humanas e mais próximas

Se você, assim como eu, viveu no tempo das festinhas na casa dos amigos, quando se dançava de rosto colado embalados pelos clássicos da Jovem Guarda;

Chiquilito Erse no gabinete da prefeitura em 1989

Chiquilito Erse no gabinete da prefeitura em 1989

Imagem do saudoso amigo Chiquilito Erse, no gabinete da prefeitura em 1989, quando exercia seu primeiro mandato como prefeito de Porto Velho. Francisc