Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

A C L E R

ACLER EMPOSSOU TRÊS NOVOS MEMBROS EFETIVOS


ACLER EMPOSSOU TRÊS NOVOS MEMBROS EFETIVOS - Gente de Opinião
Acadêmicos José Dettoni, Hugo Evangelista e João Batista no Juramento acadêmico
 
Com o auditório do Conselho Regional de Medicina lotado, a Academia de Letras de Rondônia deu posse, na quinta-feira, dia 21, a seus novos acadêmicos, o funcionário público João Batista Guilherme Correia, o advogado Hugo Evangelista da Silva e o professor universitário José Dettoni, que completaram o quadro de 40 membros efetivos da Acler que, naquela mesma data, comemorou seu 28º anos de fundação.
 
O acadêmico João Batista, poeta e cronista, passou a ocupar a cadeira de número nove, ocupada anteriormente pelo professor, político, jornalista e membro fundador Amizael Gomes da Silva e cujo patrono é o pesquisador e escritor Amílcar Botelho de Magalhães. O acadêmico Hugo Evangelista, memorialista e colunista em sites locais, assumiu a cadeira de número 10, cujo patrono é o desembargador e professor Artur Virgílio do carmo Ribeiro, e cujo último ocupante foi o jornalista, professor e historiador Esron Penha de Menezes. Já o acadêmico José Dettoni, poeta e cronista, tornou-se o primeiro ocupante da cadeira de número 39, patrocinada pelko escritor e professor Júlio Nogueira.
 
A saudação aos novos acadêmicos foi feita pelo decano da ACLER, o professor, historiador e jornalista Abnael Macahdo de Lima, ocupante da cadeira número 6, e membro fundador da Academia. em seu pronunciamento ele detacou a importância da ACLER como fomentador da discussão e da produção litrária, interagindo também com os diversos segmentos da educação na busca do melhor aprimoramento social.
 
Abnael Silva fez umr trospecto da produção literária dos novos acadêmicos, lembrando seus escritos serem voltados sempre para aspectos filosóficos, históricos e de exploração da alma humana. Ao final ele lembrou aos novos membros as responsabilidades que estavam assumindo naquele momento perante a sociedade.
 
Já o presidente da ACLER, acadêmico William Haverly Martins destacou em seu pronunciamento a trajetória da entidade e os beneficios que as atividades que a ACLER desenvolve para atender especialmente os que buscam melhor conhecimento cultural. Ele também lembrou que a Academia tem em sua gestão o foco central na necessidade de ter uma sede própria, daí ter feito um apelo para que os organismos responsáveis pelas políticas culturais do Estado invistam também nas entidades que buscam oferecer seus trabalhos em benefício da própria sociedade.
 
ACLER EMPOSSOU TRÊS NOVOS MEMBROS EFETIVOS - Gente de Opinião
Acadêmicos em primeiro plano e o público na hora do Hino Nacional

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre A C L E R

Academia de Letras de Rondônia lança primeira Antologia

Academia de Letras de Rondônia lança primeira Antologia

Contos, crônicas, poesias e histórias diversas são os estilos adotados pelos 23 imortais que participam da Antologia 2017, que está sendo lançada por

ACLER tem sarau cultural amanhã

ACLER tem sarau cultural amanhã

  Será amanhã, sexta-feira, a partir das 19 horas, no hall da Unir/Centro, o Sarau Cultural  realizado pela Academia de Letras de Rondônia, ACLER, dan

ACLER comemora 31 anos com Sarau na Francisco Meirelles

ACLER comemora 31 anos com Sarau na Francisco Meirelles

  Acadêmicos na sessão solene da Assembleia legislativa em 2016 pela passagem dos 30 anos da ACLER Os 31 anos de criação da Academia de Letras de Rond