Porto Velho (RO) sábado, 19 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

Universidade Federal Fluminense abre vagas para especialização no Acre


Universidade Federal Fluminense abre vagas para especialização no Acre - Gente de Opinião 

Na UFAC, em Cruzeiro do Sul, há 21 vagas /Foto M. Cruz
 
 

AGÊNCIA ACRE
 

A Universidade Federal Fluminense (UFF), por meio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação de Pesquisa e Inovação, lança editais de processos seletivos (veja links abaixo) para preenchimento de vagas em dois cursos de especialização lato sensu, na modalidade de educação a distância. Os cursos serão oferecidos de forma gratuita, em parceria firmada entre a UFF e a Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE) no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB).
 

No total, serão 321 vagas ofertadas, sendo 261 para o curso de Especialização em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância (PIGEaD), e 60 para o curso de Especialização em Novas Tecnologias no Ensino da Matemática.
 

O curso em Metodologia no Ensino da Matemática atenderá a regional do Vale do Juruá e Baixo Acre com turmas concentradas no polo UAB do município de Cruzeiro do Sul e Rio Branco. Já o curso de Planejamento, Implementação e Gestão da EaD em sua terceira edição atenderá as cinco regionais do Estado, concentrando turmas nos oito Polos UAB mantidos pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação.
 

O público-alvo dos cursos são professores e profissionais da comunidade atuantes em Educação a Distância que pretendem socializar experiências de exercício das metodologias da área, implementadas pela UFF para aumentar a capacitação dos educadores. As inscrições nos processos seletivos serão realizadas no período de 10 de março a 10 de abril de 2014 pelo site http://www.lante.uff.br/sitenovo/index.php/pos-graduacao/menu-processo-seletivo via requerimentos on-line, disponibilizados no período de inscrições.
 

Leia a informação completa

Mais Sobre Amazônias

Primeira lei fundiária de Rondônia foi aprovada em 2020; estado tem quase 30% de terras não destinadas

Primeira lei fundiária de Rondônia foi aprovada em 2020; estado tem quase 30% de terras não destinadas

O estado de Rondônia aprovou a primeira lei que trata de regularização fundiária apenas em 2020, mas ainda falta regulamentação do dispositivo legal

Sedam realiza capacitação de monitoramento da fauna na Reserva Extrativista Pacaás Novos, em Guajará-Mirim

Sedam realiza capacitação de monitoramento da fauna na Reserva Extrativista Pacaás Novos, em Guajará-Mirim

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), por meio da Coordenadoria de Unidade de Conservação (CUC), realizou no mês de maio o curs

Leis federais e estaduais estimulam invasão de terras públicas e desmatamento na Amazônia, aponta novo estudo

Leis federais e estaduais estimulam invasão de terras públicas e desmatamento na Amazônia, aponta novo estudo

O aumento expressivo de desmatamento observado em 2019 e 2020 trouxe evidência ao tema de regularização fundiária na Amazônia. Isso porque cerca de 40