Porto Velho (RO) domingo, 19 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

Projeto de Rondônia transforma pescadores em pesquisadores do Rio Madeira


Projeto de Rondônia transforma pescadores em pesquisadores do Rio Madeira - Gente de Opinião

O projeto desenvolvido pela Ação Ecológica Guaporé – Ecoporé em parceria com o Laboratório de Ictiologia e Pesca da Universidade Federal, tem o objetivo de construir o conhecimento sobre a Amazônia a partir da experiência local dos pescadores da Bacia do Rio Madeira, com auxilio do aplicativo ICTIO.

A proposta desenvolvida dentro do escopo do projeto Ciência Cidadã para a Amazônia da Wildlife Conservation Society (WCS) é inovadora para região e integra pesquisadores e pescadores no monitoramento dos peixes capturados para responder perguntas específicas dessas comunidades sobre a situação do pescado.

O projeto será realizado em sua primeira etapa no Mercado Pesqueiro de Porto Velho, e nas comunidades de Vila Nova Teotônio, São Sebastião e Novo Engenho Velho. Já na segunda etapa a intenção é ampliar o uso do aplicativo para outras comunidades além de iniciar o monitoramento da água com a metodologia do Ciência Cidadã.

No último sábado (21) foi realizada uma oficina com as comunidades para apresentar e testar o aplicativo e os pescadores se mostraram bem receptivos e dispostos a colaborar. Durante a oficina as comunidades definiram perguntas de interesse, que irão complementar a pergunta científica norteadora do projeto.

As colônias de pescadores e comunidades da região terão livre acesso aos dados coletados e ainda poderão avaliar o que está acontecendo com a pesca e com o rio, além disso a comunidade e a colônia podem se unir para se fortalecer e discutir propostas de gestão da pesca que possam beneficiar seu meio de sustento.

Mais Sobre Amazônias

Como fica a Amazônia, Sr. Presidente?

Como fica a Amazônia, Sr. Presidente?

Onde e como a Amazônia entra nessa história escrita por linhas tortas?

Pesquisadores iniciam campanha de captura científica de onças-pintadas em reserva na Amazônia

Pesquisadores iniciam campanha de captura científica de onças-pintadas em reserva na Amazônia

Capturas científicas acontecem periodicamente há mais de dez anos na Reserva Mamirauá. Objetivo dos cientistas é monitorar o movimento e área de vida

Instituto Mamirauá oferece curso de manejo de pirarucu na Amazônia

Instituto Mamirauá oferece curso de manejo de pirarucu na Amazônia

Curso está na nona edição e capacita profissionais para a implementação de sistemas de manejo de pirarucu. Interessados podem se inscrever até 15 de m

Instituto Mamirauá está à procura de bolsistas para o estudo de práticas agrícolas na Amazônia

Instituto Mamirauá está à procura de bolsistas para o estudo de práticas agrícolas na Amazônia

As bolsas têm duração de até cinco anos e são indicadas à pesquisadores com disponibilidade de trabalhar na Amazônia Central, nas reservas onde o inst