Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de setembro de 2021
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

Pirarucu, ‘’o monstro do rio’’, no Vale do Guaporé


FOTO DE STEPHEN ALVAREZ, NAT GEO IMAGE COLLECTION - Gente de Opinião
FOTO DE STEPHEN ALVAREZ, NAT GEO IMAGE COLLECTION

O maior peixe de água doce do mundo, o Pirarucu, muito apreciado pela culinária da região Norte e agora sendo consumido no  Brasil e no exterior, sendo reproduzido em cativeiro em vários municípios de Rondônia, Acre e Amazonas. São conhecidos os enormes exemplares deste peixe que são

pescados na região do Baixo Madeira, principalmente no complexo do Lago do Cunhã e adjacências. Quando estão nos lagos, rios e Igarapés, vão

consumindo toda a fauna aquática que existe, não escapa nada, filhotes de boto, peixes em geral, quelônios e quando não tem mais nada, eles se

alimentam de capim. Quando adultos, chegam a medir até mais de 2 metros, segundo uns pescadores do Lago do Cunhã, já foram capturados exemplares de 3 metros. É conhecido como bacalhau da Amazônia e já foi oficializado como Prato Oficial de Rondônia.

Por mais incrível que pareça o Pirarucu não era conhecido na região do Vale do Guaporé até a gigantesca enchente ocorrida em 2014, quando toda a região ficou totalmente inundada. Um boliviano chamado Pablo Aranda, que tinha um enorme criadouro de Pirarucus em cativeiro, em solo Boliviano, quase em frente à Vila de Surprêsa, foz do Rio Guaporé, tinha em torno de 50 mil alevinos de pirarucus e devido a enorme cheia, o dique arrebentou e os filhotinhos foram despejados no Vale do Guaporé, se espalharam por toda a região. É considerado, pelos biólogos  um peixe exótico para o Vale do Guaporé. Se adaptaram tão bem ao novo habitat que começaram a se desenvolver de uma maneira anormal. Aos poucos começaram a devastar o rico cardume de peixes, quelônios, filhotes de jacarés e tudo que encontram pela frente, pois são extremamente vorazes. Os ribeirinhos que não conheciam o Pirarucu, começaram a conviver com os ‘’MONSTROS DO RIO’’, como são conhecidos nas localidades ribeirinhas. A maioria dos pescadores e da comunidade do Vale do Guaporé não gostam da carne do Pirarucu, segundo eles ‘’não tem gosto de nada”. O fato é que o cardume de pirarucu está aumentando vertiginosamente , incontrolável e deixando toda a população ribeirinha do Vale do Guaporé apreensiva. Já foram pescados enormes exemplares em várias localidades, tanto nos lagos e rios do lado brasileiro como do lado boliviano.


Foto: Zeca Lula - Gente de Opinião
Foto: Zeca Lula

Foram pescados pirarucus até com 2 metros de comprimento e pesando em torno de 180 kg. Este belo exemplar foi pescado nas proximidades da Eco Vale, medindo 1,90 cm de altura e pesando 90 kg. Levando em consideração que estão no Vale do Guaporé em apenas 6 anos.

Foto: Zeca Lula - Gente de Opinião
Foto: Zeca Lula

Mais Sobre Amazônias

Sebrae lança novos editais do Inova Amazônia para atuação em sete estados brasileiros

Sebrae lança novos editais do Inova Amazônia para atuação em sete estados brasileiros

O Sebrae vai selecionar projetos para desenvolver negócios inovadores que fortaleçam a bioeconomia em sete estados que fazem parte do Bioma da Amazô

Vivência em Bioconstrução traz saberes ancestrais mesclados às novas tecnologias sustentáveis

Vivência em Bioconstrução traz saberes ancestrais mesclados às novas tecnologias sustentáveis

O Projeto Terra Cura de Reflorestamento e Permacultura realizará próximo dia 18 (sábado) uma Vivência em Bioconstrução na primeira casa de hiperadob

História de crimes do ex-ministro Sales precisa ser reescrita para não ser esquecida

História de crimes do ex-ministro Sales precisa ser reescrita para não ser esquecida

A imprensa tem memória curta. Faz parte da história das redações de jornais esquecer os personagens que se envolvem em episódios polêmicos logo que

Dia da Amazônia - Qual o papel da maior floresta tropical do planeta no combate ao aquecimento global?

Dia da Amazônia - Qual o papel da maior floresta tropical do planeta no combate ao aquecimento global?

A Amazônia é um bioma que inclui a maior floresta tropical do mundo, com a maior riqueza em biodiversidade do planeta, além de ser uma importante fo