Porto Velho (RO) terça-feira, 1 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

Padre Ton pede atenção para a saúde do povo Cinta Larga


Pedido de atenção especial à saúde do povo indígena Cinta-Larga, que vive na Reserva Roosevelt (MT e ROP), rica em diamantes, explorados clandestinamente, foi feito pelo deputado federal Padre Ton (PT-RO) ontem (27) durante audiência com o secretário de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Antonio Alves.Padre Ton pede atenção para a saúde do povo Cinta Larga - Gente de Opinião


Os Cinta-Larga, conforme denúncia recorrente do Ministério Público Federal em Rondônia, vivem risco de extinção devido a doenças como tuberculose e pneumonia, agravadas em razão do contato com não índios.
 

Antonio Alves garantiu que irá pedir aos responsáveis pela saúde indígena na região um relatório do atendimento atualmente prestado, com informações detalhadas para serem repassadas ao deputado Padre Ton.
 

O deputado também tratou da estrutura de atendimento oferecido pelas Casais (Casa de Apoio à Saúde do Índio). “Visitei a região, conversei com algumas pessoas, inclusive fui bem recebido pelos profissionais. Eles me pediram esse levantamento, essa atenção à situação das Casais”, disse o deputado, lembrando que os indígenas localizados nas regiões de Espigão, Cacoal, Alta Floresta, Riozinho e Guajará-Mirím sofrem com a ação dos não índios, principalmente no que tange à questão da mineração.
 

Padre Ton mencionou ainda a necessidade de rever o aluguel da unidade de Alta Floresta, o que pode gerar economia para o Ministério da Saúde.
 

O secretário da Sesai fez um breve levantamento das melhorias não só em Rondônia, mas em outros distritos pelo país. Lembrando que o Brasil tem 68 Casais em funcionamento, ele reforçou que muitas melhorias foram realizadas na atual gestão.
 

Antônio Alves apresentou ao deputado projeto para construção de     edificações próprias para funcionamento das Casas de Apoio à Saúde do Índio, unidades que seriam erguidas em 45 dias, compostas de espaço para consulta médica e odontológica e hospedagem para indígenas que precisam de apoio e assistência próximos às aldeias em que moram.
 

As Unidades Básicas de Saúde Indígena (UBSI) são estruturas modulares, de três diferentes tamanhos. O projeto, segundo Antonio Alves, deve ser  anunciado pela presidente Dilma Rousseff no dia 2 de dezembro, segunda-feira, quando ocorre a abertura da Conferência Nacional de Saúde Indígena, em Brasilia. 

Fonte: Mara Paraguassu

 

Mais Sobre Amazônias

Resíduos serão retirados do rio Guaporé no início de dezembro; objetivo é descontaminar águas do rio fronteiriço

Resíduos serão retirados do rio Guaporé no início de dezembro; objetivo é descontaminar águas do rio fronteiriço

Uma ação ambiental para retirada de lixos jogados no rio Guaporé está confirmada para acontecer entre os dias 2 a 6 de dezembro, por meio de atuação d

Pirarucu, ‘’o monstro do rio’’, no Vale do Guaporé

Pirarucu, ‘’o monstro do rio’’, no Vale do Guaporé

O maior peixe de água doce do mundo, o Pirarucu, muito apreciado pela culinária da região Norte e agora sendo consumido no  Brasil e no exterior, sen