Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

Óleo de pimenta-de-macaco será utilizado como inseticida orgânico


 
A Embrapa Acre, em parceria com a Universidade Federal de Viçosa, está pesquisando óleos essenciais de pimenta-de-macaco (Piper aduncum), para serem utilizados como inseticidas orgânicos. Segundo o pesquisador Murilo Fanzolin, coordenador do projeto, uma das metas da Embrapa Acre, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é prospectar no mercado elementos da biodiversidade amazônica para o desenvolvimento de produtos diferenciados. A pimenta-de-macaco é uma espécie nativa da Amazônia, encontrada em abundância em áreas de capoeira, principalmente no Acre.

“A grande demanda nacional e mundial para o mercado de inseticidas biológicos foi um dos motivos para desenvolvermos essa pesquisa. Também pretendemos atender à agricultura orgânica. No Brasil, em 2008, foram cultivados 932 mil hectares para produção orgânica certificada”, afirma Fanzolin.

O projeto de pesquisa irá durar dois anos e os experimentos iniciais serão realizados em lavouras de milho. A ideia é utilizar o inseticida orgânico no controle também de outras pragas da agricultura. As pesquisas que envolvem os óleos essenciais das pimentas-longas, que incluí a pimenta-de-macaco, na Embrapa Acre duram cerca de dez anos.

Sinérgicos

Além de atuarem como inseticidas, esses produtos também estão sendo testados como sinérgicos, substâncias utilizadas para aumentar a potência de inseticidas comerciais, o que proporciona uma redução das doses aplicadas no ambiente.

Para o pesquisador da área de biologia animal da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Raul Guedes, que esteve em Rio Branco este mês para estruturar o projeto de cooperação técnica entre as duas instituições, a pesquisa com óleos essenciais de pimenta-de-macaco engloba um bom argumento técnico, científico e comercial “A ideia é interessante porque a demanda por inseticidas é grande e poucas instituições trabalham com a possibilidade de aumentar a potência dos produtos existentes”, finaliza.

Informações:
Pesquisador Murilo Fanzolin / Embrapa Acre
Contato: (68) 3212-3275
[email protected]  

Mais Sobre Amazônias

Pesquisa investiga como acontecem emissões de metano em florestas alagáveis da Amazônia

Pesquisa investiga como acontecem emissões de metano em florestas alagáveis da Amazônia

As águas sobem, espalham-se e invadem florestas. Folhas, frutos e galhos, agora submersos, ficam sob o solo ou são transportados pelas águas. É tempo

Cientistas estimam população de botos na bacia do rio Amazonas

Cientistas estimam população de botos na bacia do rio Amazonas

Uma expedição científica reuniu organizações internacionais para realizar registros de avistagem de botos ao longo do rio Amazonas-Solimões. O objetiv

Arqueólogos descobrem conjunto de ilhas artificiais pré-coloniais na Amazônia

Arqueólogos descobrem conjunto de ilhas artificiais pré-coloniais na Amazônia

‘É construção de índio’, explicaram os ribeirinhos sobre o lugar onde moram: as cerca de 20 ilhas artificiais recentemente descobertas por arqueólogos

Pirarucu de manejo tem preço mínimo estabelecido em R$7,83/kg

Pirarucu de manejo tem preço mínimo estabelecido em R$7,83/kg

Reivindicação dos pescadores, o preço mínimo do pirarucu de manejo é realidade após a inclusão do produto na lista que integra a Política de Garanti