Porto Velho (RO) quinta-feira, 28 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

A efetiva fiscalização na fronteira da Amazônia - Por Marcelo Freire


O resultado da Operação Ajuricaba III, deflagrada pelo Exército no período de 16 a 21 em toda a região de fronteira nos estados de Rondônia e Acre, mostra a real necessidade da permanência efetiva do monitoramento da fronteira. Durante cinco dias de trabalho, veículos e embarcações foram vistoriados com apreensão de madeiras, animais, armas e drogas.

O resultado dessa operação não poderia ser diferente; 41 pessoas presas em flagrante praticando algum tipo de delito. O Diário, por diversas vezes, tem alertado a importância da fiscalização e monitoramento da fronteira. A divisa de Rondônia com a Bolívia continua sendo a principal porta de entrada de drogas e outros produtos do crime para território brasileiro.

É justamente pela fronteira que entra todo o armamento pesado para abastecer as organizações criminosas. Sem a fiscalização efetiva do Exército e com as atenções direcionadas pelo Sul do Brasil, as fronteiras na região de Rondônia, Acre e Amazonas, ficam cada vez mais vulneráveis.

O Brasil contabiliza números impressionantes com o contrabando de cigarros e tráfico de drogas na fronteira com a Bolívia, Paraguai e Argentina. Somente no ano passado, foram apreendidos pela Receita Federal e Polícia Federal mais de US$ 146 milhões com o contrabando de drogas, armas, brinquedos e produtos falsificados que ingressam no Brasil com todo o apoio logístico dos ‘mulas’.
O Acre também oferece uma grande oportunidade para quem pretende ingressar no mundo do tráfico devido à falta de fiscalização efetiva na fronteira. Traficantes bolivianos e brasileiros costumam utilizar a rota acriana e circulam livremente em território rondoniense transportando produtos ilícitos. 

Um  ponto positivo da Operação Ajuricaba III é a presença do Exército Brasileiro em áreas de difícil acesso na Amazônia. Nesta etapa, a operação promoveu  atendimentos médicos, 184 atendimentos odontológicos, procedimentos de prevenção de saúde, além da distribuição de medicamentos e palestras.

O Comando Militar da Amazônia, segundo informou o Exército, colocou um efetivo de 1.050 militares e um apoio logístico com 60 viaturas, 13 embarcações e três aeronaves e contou com o apoio de vários outros órgãos federais. Todo esse trabalho tem um custo pesado no orçamento da União, mas o importante é a ação preventiva.

O trabalho preventivo é necessário e a ação do Exército Brasileiro também impacta diretamente na segurança pública.  A partir do momento que a fronteira é monitorada, os pontos de drogas seguem desabastecidos nas cidades.  A droga que vem da Bolívia traz consequências às famílias. Quem reside na fronteira pode ser um colaborador da segurança pública e tem toda a liberdade de denunciar quem contribuiu para o crime internacional.

Mais Sobre Amazônias

Na Amazônia, Instituto Mamirauá realiza 1º manejo sustentável de jacaré em vida livre do Brasil

Na Amazônia, Instituto Mamirauá realiza 1º manejo sustentável de jacaré em vida livre do Brasil

Nos anos de 1950 a 1970, a caça que alimentava o mercado ilegal de couro colocou o jacaré-açu amazônico, de nome científico Melanosuchus niger, sob ri

Governador apresenta propostas de ações de proteção e desenvolvimento da Amazônia ao presidente em exercício, general Mourão

Governador apresenta propostas de ações de proteção e desenvolvimento da Amazônia ao presidente em exercício, general Mourão

Ações e projetos que vão ao encontro da proteção, preservação e desenvolvimento da Amazônia consolidaram a rápida reunião mantida entre o governador d

Pesquisa investiga como acontecem emissões de metano em florestas alagáveis da Amazônia

Pesquisa investiga como acontecem emissões de metano em florestas alagáveis da Amazônia

As águas sobem, espalham-se e invadem florestas. Folhas, frutos e galhos, agora submersos, ficam sob o solo ou são transportados pelas águas. É tempo

Cientistas estimam população de botos na bacia do rio Amazonas

Cientistas estimam população de botos na bacia do rio Amazonas

Uma expedição científica reuniu organizações internacionais para realizar registros de avistagem de botos ao longo do rio Amazonas-Solimões. O objetiv