Porto Velho (RO) segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Amazônias - Gente de Opinião

Amazônias

A Amazônia pode desaparecer como floresta e isso vai impactar o mundo todo

Amazônia: Cerca de 20% da floresta já foi devastada, porém perda de 25% a 40% da área original pode ser irreversível


A Amazônia pode desaparecer como floresta e isso vai impactar o mundo todo - Gente de Opinião

O programa Ambiente É o Meio desta quarta-feira conversa com o engenheiro, pesquisador e coordenador do Programa Amazônia, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Cláudio Aparecido de Almeida, sobre a monitoração do desmatamento na Amazônia.

O Programa Amazônia fornece dados e imagens de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento e, também, os tipos de agricultura. Almeida conta que, até 2018, cerca de 20% da floresta original já havia sido desflorestada. Para ele, os dados são preocupantes, pois “modelos climáticos recentes apontam que, se o desmatamento eliminar entre 25% e 40% do tamanho original da floresta, não haverá mais retorno”.

O pesquisador conta que, somente no ano passado, houve desmate de cerca de 7,5 mil km². Entre os vetores estão ambientes de pastagem, cerca de 60% da área desflorestada e agricultura, como soja ou algodão, 6%. “É importante nos atentarmos para essa questão, pois estamos chegando próximos a um ponto em que não haverá mais retorno. A Amazônia pode desaparecer como floresta e isso vai impactar o mundo todo.”

Ambiente É o Meio é uma produção da Rádio USP Ribeirão Preto em parceria com professores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP e Programa USP Recicla da Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da USP.

Sintonize Ambiente É o Meio em 107,9 MHz na Rádio USP Ribeirão ou em 93,7 MHz na Rádio USP São Paulo, todas as quartas-feiras, a partir das 13 horas. Reprise aos domingos, às 17h30, nas duas emissoras.

 

Tocador de áudio

 

Mais Sobre Amazônias

Cientistas estimam população de botos na bacia do rio Amazonas

Cientistas estimam população de botos na bacia do rio Amazonas

Uma expedição científica reuniu organizações internacionais para realizar registros de avistagem de botos ao longo do rio Amazonas-Solimões. O objetiv

Arqueólogos descobrem conjunto de ilhas artificiais pré-coloniais na Amazônia

Arqueólogos descobrem conjunto de ilhas artificiais pré-coloniais na Amazônia

‘É construção de índio’, explicaram os ribeirinhos sobre o lugar onde moram: as cerca de 20 ilhas artificiais recentemente descobertas por arqueólogos

Pirarucu de manejo tem preço mínimo estabelecido em R$7,83/kg

Pirarucu de manejo tem preço mínimo estabelecido em R$7,83/kg

Reivindicação dos pescadores, o preço mínimo do pirarucu de manejo é realidade após a inclusão do produto na lista que integra a Política de Garanti

Pesquisa do Instituto Mamirauá compara diversidade de répteis em florestas alagáveis e não alagáveis da Amazônia

Pesquisa do Instituto Mamirauá compara diversidade de répteis em florestas alagáveis e não alagáveis da Amazônia

Jararacas, corais e jiboias são espécies que fazem parte do imaginário popular sobre a floresta amazônica. Pouco se sabe, entretanto, como essas e o