Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Eleições 2018

UM ALVO CHAMADO BOLSONARO - Por Ana Clara Machado


 UM ALVO CHAMADO BOLSONARO - Por Ana Clara Machado - Gente de Opinião

UM ALVO CHAMADO BOLSONARO
Ana Clara Machado*


Claro que sim, Bolsonaro está em perigo e corre sério risco de ser assassinado. Não precisa nem ter dois dedos de discernimento para concluir essa assertiva. Afinal, em poucos dias ele deverá ser eleito o presidente da República que enfrentará, como nenhum dos que o antecederam após a abertura democrática, os marginais mais perigosos do país. São poderosas organizações criminosas. De um lado, o PT; de outro, o PCC e os demais bandidos que estão tirando o sossego do Brasil.

Bolsonaro, por sua história, e por não ter compromisso com partidos políticos contaminados por corruptos, tem todas as condições, com apoio dos órgãos de segurança e da instituição mais ilibada do país, o Exército Brasileiro, de reagir, no contexto da legalidade, a ponto de retirar do convívio social todos os malfeitores de plantão.

Na luta do bem contra o mal, as possibilidades maiores sempre penderam para o lado do mal. Isso porque, enquanto as pessoas do bem agem balizadas por princípios éticos e morais, os demônios são amorais, tentam fazer o que bem entendem para levar vantagens, conquistar espaços, alçar ao poder.

Não tenhamos dúvidas, o candidato do Brasil, Jair Bolsonaro, é um alvo vivo sob a mira constante do Mal que assola o país. Essa gente já mostrou do que é capaz. Lembram  dos atentados terroristas, assassinatos, assaltos a bancos etc. praticados por essa gente? Lembram do assassinato de Celso Daniel e de quantas pessoas que poderiam dizer a verdade sobre o crime morreram “misteriosamente”? Sete! Sabem quantas pessoas que moravam na pensão onde estava hospedado o “doido” que tentou matar Bolsonaro morreram? Duas! Seria tudo isso coincidência? A lógica tem dificuldade de responder que sim.

A Lava Jato mostrou quem são esses sujeitos. Nem todos, ainda, posto que tem muito mais coisa podre debaixo desse tapete imundo chamado PT.  E eles sabem que, com a vitória de Bolsonaro, quase nada ficará por esclarecer. Isso significa que esses que, por tantos anos, trabalhavam para instaurar CPIs acusando todos que não eram seus adeptos de corruptos, foram desmascarados. Na verdade, falavam tanto em honestidade apenas como álibi para esconder suas pretensões desonestas. Farsantes! 

Proteger Bolsonaro de um iminente atentado que lhe pode tirar a vida é uma obrigação do Estado brasileiro. Mas essa proteção precisa ser eficaz, muito competente, em suma: especializada. O exemplo dado pelos americanos para proteger seus presidentes deve ser seguido. Mesmo assim, vários já foram assassinados. Por isso, vamos todos, irmãos de todas as crenças, orar por ele e pelo Brasil. 

O melhor que Bolsonaro faz é evitar, ao máximo, sair de sua casa, que deve ser ostensivamente protegida 24 horas por dia. Qualquer deslocamento pode ser fatal. Se Bolsonaro morrer antes do próximo domingo, a eleição será disputada entre Haddad e Ciro Gomes. Se depois de eleito, claro, assim dita a Constituição,  assumirá seu vice, o general Mourão. Mas esta última situação não interessa nem ao PT nem ao PCC e aos bandidos em geral, porque aí a coisa piorará ainda mais para eles. Isso sem falar no exército representado pelo brioso povo brasileiro, que vai resolver isso na... Bem, é melhor nem pensar nessa opção!...

O Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!


*Pedagoga

Mais Sobre Eleições 2018

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Nesta quinta-feira, 8 de novembro, acontecerá a votação para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Ron

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou a Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 29, em entrevista ao Jornal Nacional; em discurso acalorado, Bo