Porto Velho (RO) terça-feira, 11 de dezembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2018

Kotscho: nas redes sociais, a disputa para presidente agora é entre Lula e Moro


Kotscho: nas redes sociais, a disputa para presidente agora é entre Lula e Moro - Gente de Opinião

  247 - Jornalista Ricardo Kotscho afirma que, "desde o furdunço jurídico do último domingo (8), quem entra nas redes sociais pode pensar que a disputa presidencial agora se dá entre o ex-presidente Lula e o juiz Sergio Moro. Os outros candidatos todos simplesmente sumiram do mapa dos comentários. Ninguém mais fala neles, a não ser nos links patrocinados. Sem mostrar forças para enfrentar o petista nas urnas, os adversários se limitam a apoiar as decisões de Moro e seus aliados da República da Lava Jato".

De acordo com o jornalista, "o cenário é tão surreal que a guerra se dá entre os seguidores de um candidato que está preso e lidera as pesquisas, e outro que não pode ser candidato porque não se filiou a nenhum partido dentro do prazo legal". "Ou seja, esta é uma disputa virtual. Virou uma questão pessoal de vida e morte para o juiz de primeira e última instância de Curitiba, que já não consegue esconder os objetivos políticos das suas decisões jurídicas", disse.

"Com um governo finado, mas ainda em exercício", diz Kotscho, "a população a tudo apenas assiste, bestificado como no dia da Proclamação da República, lembrando a célebre frase de Aristides Lobo". "Façam suas apostas. Ao final deste inacreditável combate jurídico-político-midiático, quem vai ganhar: Lula ou Moro?", questiona.

Leia a íntegra no Balaio do Kotscho

Mais Sobre Eleições 2018

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Nesta quinta-feira, 8 de novembro, acontecerá a votação para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Ron

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou a Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 29, em entrevista ao Jornal Nacional; em discurso acalorado, Bo