Porto Velho (RO) sexta-feira, 15 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Eleições 2018

Francischini financiou a maior rede de fake news pró Bolsonaro no Facebook


Francischini financiou a maior rede de fake news pró Bolsonaro no Facebook - Gente de Opinião

247 - O coordenador da campanha presidencial de Jair Bolsonaro (PSL), deputado Delegado Francischini (PSL-PR), doou R$ 24 mil à maior rede de fake news e contas falsas destas eleições. O Facebook desbaratou o esquema e retirou do ar 68 páginas e 43 contas da rede social que, juntas, formavam a maior rede pró-Bolsonaro da internet. A doação de Francischini abre um precedente que liga diretamente a campanha do ex-militar às contas falsas, o que poderia caracterizar crime eleitoral.

O site DCM relata com mais detalhes a sequência dos eventos: "segundo o Estadão, o Facebook removeu nesta segunda-feira um grupo de 68 páginas e 43 contas da rede social que, juntas, formavam a maior rede pró-Bolsonaro da internet. Segundo a empresa, os donos dessas páginas, controladores de um grupo chamado Raposo Fernandes Associados (RFA), criaram contas falsas e múltiplas contas com os mesmos nomes para administrar os grupos".

Segundo o site, "seus donos são conhecidos propagadores de fake news pela internet, notadamente por meio do site Folha Política. Informa o Estadão: 'Um casal – o advogado Ernani Fernandes e sua mulher, Thais Raposo – montou um 'império' de páginas e sites com apoio de conhecidas figuras conservadoras no País, como Alexandre Frota e Marcello Reis, do Revoltados Online. O Facebook investigava a rede há meses em sigilo'."

Mais Sobre Eleições 2018

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Sindafisco elege nova diretoria nesta quinta-feira, 8/11

Nesta quinta-feira, 8 de novembro, acontecerá a votação para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Ron

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Bolsonaro detona Folha no Jornal Nacional

Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou a Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 29, em entrevista ao Jornal Nacional; em discurso acalorado, Bo