Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Lente Crítica

Previdências de 22 Estados e do DF operam com déficit; Rondônia ainda sob controle . . .



Alexa Salomão ,
O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO - Na semana em que o presidente Michel Temer anunciou que os servidores dos Estados e municípios ficariam de fora da reforma da Previdência, um estudo mostra o tamanho do problema deixado para os governadores. Atualmente, as previdências do Distrito Federal e de 22 dos 26 Estados operam no vermelho.

Em apenas seis anos – entre 2009 e 2015, último dado disponível –, o rombo passou de R$ 49 bilhões para R$ 77 bilhões, em valores atualizados pela inflação. Para pagar os aposentados, os Estados usam o dinheiro do seu caixa. A parcela da receita comprometida com a Previdência, na média, subiu de 9,5% para 13,2%. Santa Catarina, Minas Gerais e Rio Grande do Sul já gastam mais de 20% da receita com Previdência (ver quadro).

Previdências de 22 Estados e do DF operam com déficit; Rondônia ainda sob controle . . .  - Gente de Opinião

Leia mais no Jornal ESTADÃO

 

Mais Sobre Lente Crítica