Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

EXPEDITO PROMETE MELHORAR SEGURANÇA E VALORIZAR AS POLÍCIAS



“Embora os índices de violência em geral no estado sejam crescentes é
possível diminuí-los com uma política de segurança inteligente e
profissional, essa é a avaliação do candidato a governador pela coligação
‘Muda Rondônia”, Expedito Junior.

De acordo com o candidato, investir na profissionalização com uma academia
de polícia equipada é o primeiro passo para melhorar o trabalho dos
policiais rondonienses. Disse ainda que a polícia civil sequer conta com o
mínimo necessário para realizar um bom trabalho investigativo. “As
delegacias estão em destroços e não oferecem qualquer condição para o
desempenho das funções de forma digna. Como cobrar profissionalismo se o
governo não consegue colocar a disposição do servidor as condições mínimas
de trabalho”, questiona Junior.

Outro problema apontado pelo candidato é a defasagem na tropa da Polícia
Militar que também trabalha em condições precárias ao sobrecarregar o
atual efetivo. “Precisamos contratar imediatamente novos policiais para
que a população tenha mais segurança ostensiva nas ruas, em particular nas
cidades com índices mais violentos”, disse.

Expedito Junior avalia que apenas as ações preventivas e ostensivas não
são suficientes no combate à criminalidade se o Estado não repensar a
forma pela qual encarcera seus detentos. Nesse sentido, propõe ao debate a
adoção de “presídios indústrias” para que cada preso trabalhe e estude
enquanto estiver cumprindo a pena. É uma experiência exitosa adotada em
outros estados, a exemplo de Minas Gerais e Paraná.

“Preso desocupado fica vulnerável e tende a se brutalizar cada vez mais. A
questão carcerária é um problema que precisamos encarar com coragem para
resolver. Hoje as unidades prisionais são verdadeiras ‘academias do
crime’: o jovem ingressa ladrão de galinha e sai perito em explosão de
caixas eletrônicos porque não há uma ocupação que permita reeducá-lo para
o retorno ao convívio social. Vou licitar presídios indústria para que
empresas invistam no setor, mas permanecerá sob a fiscalização e
responsabilidade do Estado”, explicou Junior.

Quanto aos agentes penitenciários Junior lembrou que serão valorizados e
vão permanecer desempenhando suas funções sejam nas atuais unidades ou nas
que serão licitadas. “O que muda é a profissionalização e a valorização.
Tenho dito que vou dialogar com todas as categorias dos servidores para
construir uma política de pessoal duradoura e decente sem subterfúgios nem
manipulações. A violência é um problema contemporâneo que está se
vulgarizando cotidianamente. Os governantes são responsáveis pelos nossos
jovens que necessitam de oportunidades”, concluiu.

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por