Porto Velho (RO) sexta-feira, 21 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

Ética no meu governo será cuidar do dinheiro do povo, afirma Padre Ton


No primeiro momento do encontro entre os cinco candidatos na sede da OAB Rondônia ontem (27) à noite, quando cada um teve 10 minutos para apresentação pessoal e defesa de propostas, o deputado federal e candidato a governador pelo PT, Padre Ton, disse que ética em seu governo será cuidar do dinheiro do povo e que irá criar instância própria para prestar contas dos projetos e recursos públicos utilizados, com um canal de atendimento ao cidadão. Ética no meu governo será cuidar do dinheiro do povo, afirma Padre Ton - Gente de Opinião

O candidato, o quarto pelo sorteio realizado a se apresentar – os anteriores, pela ordem, foram Jaqueline Cassol, Expedito Junior e Confúcio Moura -, disse que seu Plano de Governo é uma obra aberta, em construção, pois “as necessidades são tamanhas e as ideias são muitas”, revelando a intenção de criar uma espécie de Ouvidoria.

No auditório lotado, o ato cívico pela “Ética na Política e contra a Corrupção Eleitoral”, tradicionalmente promovido pela OAB, culminando com a assinatura pelos candidatos do Termo de Compromisso com a Sociedade de Rondônia pela Ética na Política, Padre Ton disse ter tido todas as contas aprovadas quando prefeito de Alto Alegre dos Parecis, e que fez de seu ofício, desde que ordenado padre em 1998, um instrumento para ajudar os mais pobres.

Formando em Teologia e Filosofia em São Paulo, Padre Ton disse ter feito campanhas modestas, lamentou o fato de políticos em Rondônia recorrerem à compra de votos e fez defesa da reforma política, especialmente para mudar o sistema de financiamento das campanhas e criticou gestores no Estado que também têm empresas próprias ou familiares: “Não vou ter empresas no governo como é de praxe neste Estado”.

O candidato também disse que em seu governo não admitirá o nepotismo, e que se necessário for cortará na carne ao constatar qualquer desvio de conduta de auxiliares.

Iniciando pela saúde, Padre Ton se destacou entre os candidatos ao apresentar suas propostas:

Saúde

“Vou apostar na descentralização da saúde, fortalecendo os hospitais regionais (Ariquemes, Guajará Mirim, São Francisco do Guaporé, Cacoal, Vilhena e Ji Paraná) oferecendo aos municípios condições de realizarem atendimento de média complexidade, e vou investir também na saúde preventiva”, declarou Padre Ton. Ele anunciou o Programa Prevenir é Melhor que Remediar, para fortalecer a atenção, com intuito de se reduzir a procura por especialistas, e oferecer incentivo aos municípios para incrementar programas de prevenção à saúde, como o Saúde da Família. Para a saúde da mulher, ele anunciou a criação do Expresso Lilás, unidade móvel para realização de exames de prevenção ao câncer.

Nova Escola

O programa Escola Nova foi anunciado por Padre Ton como a política que irá possibilitar a construção de novas unidades escolares, para ampliar vagas e incrementar o ensino integral. Promover parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), com a Universidade Federal de Rondônia e instituições privadas de nível superior é outra proposta para ampliar o acesso ao ensino superior. “Entendo que o Estado pode também fazer sua parte nesse nível de ensino. Em Espigão do Oeste 500 alunos se deslocam toda noite para pode estudar”. Declarar Rondônia território livre do analfabetismo (8,8% da população, segundo o IBGE), é outra bandeira do governo petista.

Polícia Amiga

O projeto Polícia Amiga foi anunciado para colocar em prática política de aproximação das forças de segurança pública com a comunidade, construindo-se bases comunitárias nos bairros mais violentos, equipando as unidades e veículos com a tecnologia de comunicação e armamento necessários; criar Coordenadoria de Direitos Humanos e uma delegacia para desvendar crimes de grande repercussão social, como o do caso Naiara, a jovem assassinada com requintes de crueldade e que foi estuprada, citado por Padre Ton.

Cumprir com o Plano Nacional de Educação, recentemente aprovado pelo Congresso Nacional, criar o programa Trânsito Seguro e uma Central de Abastecimento (Ceasa) para comercialização de produtos agrícolas e pescado e contribuir fortemente para que Porto Velho volte a ser uma capital digna, limpa e organizada foram outras propostas citadas.

Na segunda rodada do ato cívico, coube a cada candidato, por sorteio, responder a uma pergunta elaborada pelas entidades Conselho Regional de Medicina (Cremero), Universidade Federal de Rondônia (Unir), Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA-RO) e OAB-RO, que respectivamente indagaram sobre saúde, educação, infraestrutura e segurança.

Ao Padre Ton recaiu a pergunta da reitora da Unir Berenice Tourinho. Ela quis saber do candidato sobre as propostas para as áreas de ciência e tecnologia tendo por base a Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Feparo).

Por diversas vezes frisando acreditar na educação e no conhecimento, Padre Ton relacionou ações do mandato de deputado federal na educação, como a articulação de recursos na Fundação Banco do Brasil para o programa Balde Cheio, que potencializa a produção leiteira e o projeto de Residência Agroflorestal, conquistado no Ministério do Desenvolvimento Agrário, MDA, em parceria com a Unir, para formar residentes da instituição em atores da assistência técnica e extensão rural, precária no Estado.

O candidato registrou ser exemplos de iniciativas que se valem da tecnologia e do conhecimento cientifico, dizendo que irá possibilitar que a Feparo seja um aliado do setor produtivo para incrementar a economia e o desenvolvimento de Rondônia.


Fonte: Mara Paraguassu
 

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por