Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

TEMER NÃO FEZ O DEVER DE CASA: Economistas preveem novos rebaixamentos do Brasil


Gente de Opinião

247 - O mercado já espera novos rebaixamentos do Brasil.

O rebaixamento da nota do Brasil é consequência da falta de atenção do governo para a situação fiscal do País no curto prazo, segundo avaliação da economista Monica de Bolle. Para ela, as ações do governo acabaram deteriorando ainda mais as contas públicas.

“A operação ‘Salva Temer’ (para que os parlamentares barrassem as investigações) levou a uma piora considerável da situação fiscal de curto prazo”, destaca.

"A situação fiscal do Brasil simplesmente não teve nenhuma melhora (desde que Temer assumiu). Teve até uma piora. Tendo em vista que veio da S&P, a agência com avaliação mais técnica, essa é uma avaliação bastante negativa da equipe econômica que todo mundo esperava que fizesse tanto pelas contas públicas."

As informações são de reportagem de Luciana Dyniewicz no Estado de S.Paulo.

Gente de Opinião

Mais Sobre Economia - Nacional

Publicada lei que altera juros de fundos constitucionais

A lei que altera o cálculo dos juros dos fundos constitucionais de financiamento foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial da União.

CNI: confiança do empresário industrial tem maior queda desde 2010

Índice caiu 5,9 pontos em junho frente a maio

Copom inicia hoje reunião para definir taxa Selic

Para instituições financeiras consultadas pelo BC, a Selic deve ser mantida no atual patamar – 6,5% ao ano até o final de 2018

Salmão e filé mignon recebem benefícios fiscais

Salmão e filé mignon recebem benefícios fiscais

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirma, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que a estritura tributárias do país sofre com muita