Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de julho de 2018
×
Gente de Opinião

Confúcio Moura

Hoje e a saudade - Por Confúcio Moura



Todos nós precisaremos construir nossas saudades. É na infância, longe ou perto, que se armazenam as inesquecíveis lembranças. As melhores amizades. A incorporação dos hábitos, das palavras e das fantasias.Gente de Opinião

O homem, nada mais é, do que um ser carregado de crenças, fantasias e ilusões. E o sacolejar da história, dos dias que vão passando, as transformações, as novidades, a moda, o perfume, a música, os cheiros, os gostos. Como tudo tem mudado nos últimos trinta anos?

Tudo pode chegar, pode nos iludir, pode nos viciar, mas, jamais se perde a lembrança da infância, da casa, dos hábitos, das broncas, enfim, das ruas e praças. As cidades necessitam de boas surpresas, nos cantos de ruas, nos muros, nos quintais, nas cores das casas, nas árvores floridas. Este conjunto de coisas, compõe o nosso admirável mundo das fantasias.

As escolas, não podem desperdiçar as diversas fases do homem, ensinando o que não há nos livros, habitualmente, que são as histórias contadas, os festejos de época, as danças, os musicais. Tudo somado é que forma o homem, o conhecimento, a saudade, até mesmo o sentimento de pátria, de apego, de amor.

Ninguém pode imaginar como é bom pegar uma sacola e ir à feira livre. Andar de banca em banca. Conversar com as pessoas. Os encontros inesperados. O comércio vivo da sobrevivência. Da mesma forma, visitar os mercados populares, sentar-se a uma mesa, comer tapioca com café, tomar um copo de açaí. Sair pelos corredores mastigando um pé-de-moleque. Ali ninguém repara a compostura, nem etiquetas e muito menos a cerimonialidade dos eventos de rigor.

O homem e o seu povo, encontro e reencontro, é o mais belo palco  experimental disto tudo que se chama – vida. Que se pode acrescentar – vida feliz.

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Confúcio Moura

MDB não me incluirá como postulante a uma vaga ao Senado Federal ? Por Confúcio Moura

MDB não me incluirá como postulante a uma vaga ao Senado Federal ? Por Confúcio Moura

Acho que este negócio, de puxar o tapete, é pura besteira, pode vir o efeito dinamite, o medo e a dinamite não se combinam

Economia ou jogo? – “eu imagino” - Por Confúcio Moura

São ideias pessoais de um médico, leigo em economia, acossado pelo pensamento, vem, de quando em vez, como surtos, as indagações que me faço a mim, en

Ensino Médio por tecnologia (falta pouco) Por Confúcio Moura

Ensino Médio por tecnologia (falta pouco) Por Confúcio Moura

A educação a distância foi sempre um tema que me apaixonei. Darci Ribeiro também já falava neste assunto. A educação de qualidade na Amazônia, pelas e

Por que disputar uma vaga ao Senado? Por Confúcio Moura

Por que disputar uma vaga ao Senado? Por Confúcio Moura

O internauta Fernando Fontes me pediu para escrever sobre este tema: “Por que quero ser Senador? ”