Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Candiru Madeira

Com os deputados ganhando 20 mil se não arranjo 2 paus


 Viu, gente maldosa, o deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), disse que não se vai a motel necessariamente pra fazer sexo- boa defesa do ministro do Turismo- Pedro Não Vais, ou seja, vou lá pra beber ou jogar biribinha! E a Dirmona vai ser a mãezona que prometeu! O Zé Dirceu e a Erenice Guerra, a santa e desprendida mulher, já perdoou...É a perdoadora-mór da República! Foi contaminada pelo espírito de Natal de Lulex que perdoou o Cesare Batistti! Quem não perdoa é o Berlusconi! Ah! Meu Deus! Perdi o lugar de arquivista de currículo pro seu Mário Jorge! Será que não tem adjunto? Quem sabe, seu Ricardo Sá não inova e cria o cargo de arquivista setorial! Uau! Com o governador e os deputados ganhando vinte mil se não arranjo dois paus, tô, decididamente maus! È verdade que não sou educacionista, como seu Jorge, nem tenho propensão pra causas impossíveis, mas, dentro das possibilidades, bebo de verdade e sou pau pra toda obra! Só quero as sobras!

Fonte; Candiru do Madeiera /Jornal Alto Madeira

 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Candiru Madeira

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

A última coluna 'Candiru do Madeira' escrita por Sued Pinheiro

Há dois tipos de pessoas que só fazem perguntas inconvenientes. São as crianças e os médicos. Um exemplo. O Zézinho pergunta pra mãe:- Mamãe! Por que

E o Rondinelli

E o Rondinelli Gonzalez, hein! Que cara legal! Só não se emenda. Colocou no Face que “Pra mim toda mulher é uma rainha... e o castelo dela é a cozinha

E dizem que a morte

E dizem que a morte, lá em Cuba, bateu na porta e Fidel Castro abriu. Quando viu a Horripilante com sua foice não teve dúvidas. Apontou o dedo na dire

Que alguém disse

Que alguém disse alguém disse ( e nem preciso dizer quem) que é preciso que tudo mude para nada mudar! E Rondônia e Porto Velho são o grande exemplo: