Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Sergio Pires

Colaborador do Gentedeopinião: Sérgio Pires, experiente jornalista e que atua na SIC TV, onde apresenta aos sábados o programa Direto ao Ponto, e diariamente o "PAPO DE REDAÇÃO" na rádio Parecis FM. Contato através e-mail: ibanezpvh@yahoo.com.br /

TIRIRICA FOI BEM ATÉ A 25ª HORA: DAÍ, CAIU NO ÚLTIMO SALTO TRIPLO CARPADO - Por Sérgio Pires

07/12/2017 - [20:38] - Opinião

TIRIRICA FOI BEM ATÉ A 25ª HORA:
DAÍ, CAIU NO ÚLTIMO SALTO TRIPLO CARPADO

“Não tem nenhum nome assim, que mereça. Mas eu vou votar no Lula. Ele foi o melhor Presidente do Brasil, ao menos para os pobres, nos últimos tempos”. O repórter pergunta: “Mas mesmo ele sendo condenado a nove anos de prisão?” Resposta: “ah, se ele for condenado, não pode ser candidato, né? Dai fica complicado. Eu acho que ele foi o melhor Presidente, mas você vem falando aí sobre esse negócio de processo, daí fica complicado, né?” O diálogo faz parte de uma entrevista do deputado federal Tiririca, logo depois de ter feito seu primeiro e único pronunciamento, anunciando que não se candidatará à reeleição e abominando o mundo político brasileiro. Falou exatamente o que a maioria do povo gostaria de fazer: esculhambou com a atual podridão no Congresso. Disse verdades que o brasileiro comum queria dizer, caso pudesse ir aos microfones do parlamento. O problema de Tiririca é o de muita gente como ele: de um lado, fala duro contra a corrupção e roubalheira; sobre a preocupação da classe política consigo mesma; sobre o “golpe”; de outro, perdeu a memória sobre a roubalheira que assolou o Brasil, comandada por Luiz Inácio Lula da Silva e sua turma. Boa parte da mídia brasileira, dominada pela esquerda, fez um estardalhaço sobre o pronunciamento de Tiririca, que arrasou com a tradicional e incompetente classe política do país. Poucas linhas, contudo, sobre o contrassenso de defender a pureza, a qualidade da representação popular, a busca do novo para corrigir os erros do passado e, ao mesmo tempo, dizer que vai votar naquele que é chamado de chefe da maior quadrilha que assolou os cofres públicos da Nação em toda a sua História.

Tiririca foi eleito com 1 milhão e 300 mil votos e reeleito com 1 milhão e 100 mil votos não por sua inteligência, criatividade, liderança. Nada disso. Foi uma gozação do eleitorado, um protesto bem humorado, um deboche à tradicional política. “Com Tiririca, pior não fica!”, dizia ele, no seu famoso mote. Um dos humoristas mais queridos do país, ele foi para o parlamento como um arremedo. Saiu-se bem, no geral. Foi um dos mais assíduos, apresentou um ou outro projeto beneficiando sua categoria, mas, é claro, não teve um só momento de relevância em benefício do país. Foi coerente quanto votou pelo impeachment de Dilma (como o fez, exigindo punição ao Presidente, nas duas vezes em que a Câmara negou autorização de processo contra Michel Temer). Tiririca foi bem até a 25ª hora. No final, deu o tiro de misericórdia na sua retidão: disse que votaria num ladrão, como dizem nas pesquisas que vão fazer milhões de outros alienados do país. Uma saída quase perfeita, mas uma queda feia, que esculhambou tudo, no último salto triplo mortal carpado,  como se diria na linguagem dos ginastas. 

 

ENFIM, FAZ-SE A LUZ....

Finalmente o Natal começa a chegar em Porto Velho. Nesta sexta, a superestrutura do Palácio do Governo (Rio Madeira/CPA), com a iluminação que encantou a cidade nos últimos anos, será apresentada ao público novamente. A noite terá música, festa e muita luz, com aquela  decoração que deixa o público encantado. Solenidade será no final da tarde, com a presença do governador Confúcio Moura e inúmeras autoridades. Outra boa noticia é que a Prefeitura de Porto Velho, que tinha decidido investir muito pouco na decoração da Capital, voltou atrás e escolheu onze dos principais pontos para colocar a iluminação natalina. Locais como a Praça de Ferro Madeira Mamoré, o Viaduto da Três e Meio (que será inaugurado oficialmente nesta segunda); o Mercado Cultural, o Prédio do Relógio e as três principais avenidas comerciais de Porto Velho (Sete de Setembro, Jatuarana e José Amador dos Reis), serão decorados e iluminados. Toda a equipe da Emdur vai se envolver no projeto, que será concretizado nesta final de semana. Enfim, uma boa notícia sobre o embelezamento da nossa cidade, que anda tão feia...

 

A VOLTA DE CHAGAS NETO

O nome dele está ligado à História de Rondônia, principalmente na área da habitação. Foram mais de 20 mil famílias beneficiadas, em 27 conjuntos habitacionais, um dos quais entregues totalmente de graça para mais de 2.200 famílias, em Porto Velho. Foi assim que nasceu o bairro Marcos Freire. Deputado Constituinte e líder do setor da construção civil, o que mais emprega, Chagas Neto está se preparando para retornar à vida pública. Ele conta a Sérgio Pires seus planos e relembra parte da sua história, que se confunde com a do crescimento de Rondônia, no programa Direito ao Ponto desta semana. A atração da Record vai ao ar neste sábado, a partir das 10h30 da manhã, simultaneamente na Record News, TV aberta, Canal 31; na SKY, Canal 331 e na Claro TV, Canal 441.1.

No domingo, a íntegra da entrevista pode ser vista no site Gente de Opinião, um dos mais respeitados de Rondônia. Não perca a entrevista exclusiva de Chagas Neto, que passou pela política e saiu com seu nome ilibado e que quer retornar a ela, como deputado estadual.


 

EMANCIPAÇÃO VOLTA À PAUTA         

Emancipações e criação de novos municípios será pauta prioritária no início do ano que vem, na Assembleia Legislativa do Estado. A Ponta do Abunã, que já decidiu por plebiscito se emancipar há vários anos e o distrito de Tarilândia, em Jaru, são as duas localidades que querem que o tema volte ao debate. Há quase uma década os distritos, um localizado na fronteira com o Acre e outro na região central do Estado, estão aptos a se tornarem municípios. Nunca o conseguiram, porque a decisão final depende de Brasília e os pedidos desesperados de emancipação têm sido ignorados. Nesta semana, o presidente Maurão de Carvalho já marcou audiência pública na Ponta do Abunã, para março próximo, quando o tema voltará à pauta principal do parlamento rondoniense. Um dos líderes da mobilização pela emancipação de Extrema e da Ponta do Abunã, Aparecido Bispo, informou ao presidente Maurão que o relator do projeto de lei sobre o assunto, em tramitação no Congresso, o deputado Carlos Gaguim, do Tocantins, estará presente ao encontro de março.

 

SERÁ PURO VANDALISMO?

Há algo incompreensível em relação ao roubo de fios em Porto Velho. Mesmo que a Prefeitura tenha trocado  os valiosos fios de cobre por alumínio, que não tem praticamente nenhum valor comercial, a roubalheira continua. Uma fonte da Prefeitura diz que um dos principais problemas se relaciona com “noiados”, dependentes de drogas que arrancam os a estrutura da iluminação pública para vender e fazer algum dinheirinho para sustentar o vício. Outro problema é a falta de resultados das investigações policiais. Obviamente que não existam tantos locais onde esse material possa ser vendido. Ou seja, o número de receptadores deve ser bem restrito. A questão é que já foi roubada toda a fiação da área urbana da BR 364 (duas vezes) e todos os dias, mal a Emdur coloca os fios, eles já são furtados. Por incrível que pareça, nem os ladrões e nem os receptadores são presos. Nas últimas semanas, vários contatos entre Prefeitura e Polícia já foram feitos, no sentido de que se intensifiquem as investigações. E, no final de tudo, ainda fica uma duvida: sem valor comercial, por que os ladrões estão agora levando o alumínio? Será por puro vandalismo? A polícia tem obrigação de responder esses questionamentos o mais breve possível.

 

“DICAS” ÀS PESSOAS DE BEM

Houve tempo no Brasil que bandido tinha medo de polícia. Tinha que ter coragem para agir, sabendo que corria o risco de ser pego e, quando pego, pegar longo tempo de cadeia. Mas isso, lamentavelmente, foi num passado longínquo, quando havia  separação clara da lei entre cidadãos de bem e criminosos. Hoje as coisas mudaram.  Como não tem gente suficiente e muitas vezes nem armamento para enfrentar os bandidos, além, é claro, de ter que enfrentar a dura fiscalização dos defensores dos direitos humanos dos delinquentes, a polícia tem que partir para “orientações” à população.  Nos útimos anos, quando chega o período das festas natalinas e quando há mais dinheiro na praça, ao invés de tirar os bandidos das ruas, as polícias partem para dar “dicas” aos cidadãos, sobre os cuidados que devem ter para se proteger, nas ruas, hoje dominada pelo crime e não pela lei defensora das pessoas de bem. Repete-se tudo de novo: muito cuidado ao sair do banco; muito cuidado para não deixar seu carro aberto; olho aberto em motoqueiros perto de bancos; não viajar sem deixar alguém cuidando do que é seu.  Prender bandido que é bom...

 

AMEAÇANDO AS TESTEMUNHAS

Usando métodos cruéis, sempre bem armados, bandidos andam atacando escolas. Nesta semana, dois criminosos atacaram a Escola Broto do Açaí, na zona sul da cidade. Ali estavam crianças de quatro anos para cima, quando o bandido, surpreendido por um vigia, atirou quase à queima roupa, ferindo o guarda e por pouco não o matando. Preso poucas horas depois, o criminoso está sob prisão preventiva, mas pode ser solto a qualquer hora. Por que? Ora, por que familiares do criminoso andam rondando a área do educandário, ameaçando professores e funcionários para que não reconheçam o bandido e para que ele possa ser solto. Isso numa escola. Isso em Porto Velho. Isso em pleno século 21. Não parece uma daquelas histórias do Velho Oeste, onde pistoleiros ameaçavam testemunhas? Ou do grupo organizado nas favelas do Rio, onde os traficantes dizem quem pode falar e quem não pode? O vereador Aleks Palitot fez a denúncia, colocou sua equipe para tentar ajudar a escola, mas mais que isso não pode fazer. Naquela região da cidade, tem uma família de malfeitores que manda e desmanda, Quem sabe um dia desses a polícia não fica sabendo disso e vai lá acabar com essa vergonhosa situação?

 

PERGUNTINHA

Você tem coragem de sair às ruas, nessa época de final de ano,  depois de todas as orientações da polícia, para que tenhamos cuidados com os bandidos soltos por aí?


Comentários

  • Samuel Saraiva - 08/12/2017

    Esse Tiririca eh um canalha. Ganhou uma boa grana do fundo partidário, deve ter ganho do suplente também para ceder os meses que restam do mandato. Agora vem posar de honesto, depois de haver mamado na exaurida vaca do erário por quase dois mandatos consecutivos, tempo em que desfrutou as mamatas bancadas pelos nordestinos pobres que ele finge tomar as dores. Aprender a ler e escrever não sei se conseguiu, mas mentir e achar que o povo eh otario, conforme pensam os 'colegas' que ele agora critica eu não tenho duvida. Palhaco cara de pau declarar que em que 8 anos estava usando a tribuna pela primeira vez, quando foi muito bem pago para abrir a boca e defender com honestidade e dignidade os interesses do povo que o legitimou nas urnas como forma de protesto. Ate um jumento seria eleito se candidato fosse porem jamais ousaria sacanear e desejar Lula e sua quadrilha de volta aos ombros da cansada nação. Pilantra! (sem revisão ortográfica)

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

E-mail: redacao@gentedeopiniao.com.br - gentedeopiniao@gmail.com

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados