Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Viriato Moura

Médico especialista em ortopedia, medicina do trabalho e medicina do esporte; membro da Academia de Letras de Rondônia (autor de 10 livros em prosa, verso - um deles sobre a história da medicina em Rondônia), jornalista, comunicador de rádio e televisão, artista visual e colaborador assíduo dos sites Gente de Opinião, Debates Culturais (Rio) e Escolas Médicas (SP).

GENERAL COSTA NEVES, UM DESTACADO BENFEITOR

21/03/2017 - [18:38] - Opinião


Brevemente, estará nos deixando para assumir a relevante função de comandante da Academia Militar das Agulhas Negras, o atual comandante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva, general de brigada Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves.

Quando alguém do quilate de Costa Neves nos deixa, é inevitável que nós, conhecedores de suas realizações competentes em favor da nossa amada Rondônia, fiquemos entristecidos e com procedente saudade antes mesmo que se vá.

Fui apresentado ao destacado militar, tão logo aqui chegou para assumir sua atual função, pelo então comandante da Brigada André Luís Novaes Miranda, outro benfeitor destas plagas, durante um almoço no quartel daquela unidade militar. Foi empatia à primeira vista: simpático, bem informado sobre as coisas desta terra (já havia estado aqui, por curto período, em 2010) e que denotava sólida formação militar e humanística. Logo começou a falar, com entusiasmo, nos projetos que pretendia viabilizar em sua gestão, todos de grande interesse para esta região. Havia, portanto, razões suficientes para que nos tornássemos bons amigos a partir daquela ocasião. Depois desse agradável encontro, outras vezes tive oportunidade de privar da convivência do sempre afável interlocutor, quando conversávamos, por horas que pareciam minutos, sobre o muito que ainda que é preciso fazer por esta filha de amor de Rondon, que ainda espera, com a fé dos desesperados, um salvador para tirá-la do altar de sacrifícios onde, por vezes, ainda se posta indefesa.

O general Costa Neves é, sim, uma daquelas pessoas merecedoras de reconhecimento pelo combatente contemporâneo que sempre foi ao longo de sua brilhante trajetória como cidadão e militar.   Daí porque a decisão da Academia Rondoniense de Letras e da seccional de Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil, embasada na sugestão dada por outro de nossos benfeitores, o juiz federal Dimis da Costa Braga, membro efetivo das duas instituições, em prestar-lhe uma homenagem de despedida na noite desta quarta-feira 22. O ato explicita  uma sincera manifestação nativa de gratidão pelo muito que ele fez por Rondônia durante a sua curta, porém profícua permanência entre nós.

Deve ser motivo de júbilo para todos aqueles comprometidos com o melhor destino deste longínquo rincão amazônico, ter oportunidade de conhecer e reconhecer pessoas que se doam em favor dos lídimos interesses da gente que aqui vive. Na condição de um dos representantes da tradição deste pedaço de Brasil, cuja família aqui vive há mais de sessenta anos, creio poder afirmar, com convicção:  se o nosso contingente de homens públicos tivesse o caráter, o preparo e a determinação em realizar do eminente general Costa Neves, certamente teríamos, há muito, um Estado de Rondônia muito melhor do que o que temos. Por isso, vê-lo partir para uma nova empreitada nos dá uma melancólica sensação de grande perda, por ser ele alguém que nos fez tanto bem, que nos ajudou a ser mais felizes, e que se vai, talvez,   para não mais voltar. Por que não somos agraciados com mais agentes públicos desse naipe? — eis a pergunta que não cansamos de reiterar, há décadas, sem que mensageiros benfazejos nos deem a resposta que tanto almejamos.

Querido amigo, foi um grande prazer conhecê-lo. Idem à sua esposa, Daniela, também de agradável e inteligente conversa e cativante simpatia. Seria egoísmo e falta de espírito patriótico de nossa parte querer que aqui ficasse em detrimento da nova missão que lhe foi confiada. Afinal, é na Academia Militar das Agulhas Negras que são formados os mais destacados oficiais do Exército Brasileiro, inclusive aqueles que ocupam o topo de sua escala hierárquica, os generais. Pelo que já conversamos, sei que assumirá a novo comando com a mesma vibração positiva de quando foi destacado para comandar nossa Brigada. Essa atitude é própria daqueles que exercem suas missões como um sacerdócio, que independente de onde e como sejam são movidos sobretudo pela determinação inabalável de cumpri-las — tal como Rowan do famoso texto de Elbert Hubbard, “Uma Mensagem a Garcia”. Certamente que, enquanto nossa Rondônia perderá uma dos mais exponenciais militares que por aqui passaram, o nosso Exército terá, a nível nacional, um colaborador exemplar que muito fará pelo engrandecimento do país.

Na oportunidade, estimado amigo, desejo a você e a todos os seus familiares um porvir de continuado sucesso, com saúde e força para que alcancem seus mais ansiados objetivos.

Selva!


Comentários

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

E-mail: redacao@gentedeopiniao.com.br - gentedeopiniao@gmail.com

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados