Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Silvio Santos

Colaborador do Gentedeopinião, ZEKATRACA é titular da coluna Lenha na Fogueira no jornal Diário da Amazônia. E-mail: zekatracasantos@gmail.com - Informo aos colegas dos grupos folclóricos que se quiserem que divulguemos seus eventos, é só enviar a programação via e-mail zekatraca@diariodaamazonia.com.br ou pelo ZAP ZAP 9302-1960.

Círio de Nazaré: Quem trouxe a devoção para Porto Velho ?

12/09/2017 - [14:25] - Cultura

 

Lenha na Fogueira

 

O Círio de Nazaré em Porto Velho foi realizado domingo dia 10. A festa que até bem pouco tempo, acontecia no mesmo dia do Círio realizado em Belém ou seja, no segundo domingo do mês de outubro, este ano, sob protestos de devotos radicias, aconteceu domingo passado.

******

O samba enredo da escola Estácio de Sá do Rio de Janeiro para o carnaval de 1975 tem o seguinte refrão: Tem pato no tucupi, muçuã e tacacá, maniçoba e tucumã, açaí e aluá.

*****

O Círio de Nazaré realizado domingo passado em Porto Velho na Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré no bairro Jardim Eldorado. Não teve nenhum desses pratos como sendo o principal.

*******

Na realidade, o que foi servido e vendido antecipado foi o “COSTELÃO”. Assado no estilo Gaúcho, muito bom.

*******

Segundo nossas pesquisas a festa realizada em Porto Velho pelo Pároco do Santuário de N.S. de Nazaré do bairro Jardim Eldorado comemora o ENCONTRO da imagem de Nossa Senhora de Nazaré na cidade de Saquarema no estado do Rio de Janeiro e não a aparição de Belém

********

No ano de 1630, no dia 8 de setembro, após uma forte tempestade, um pescador saiu para ver suas redes próximo ao mar de Saquarema. Ao passar pela colina, onde hoje está erguida a Matriz encontrou próximo ao Costão, morro de pedras que fica localizado no centro da cidade, uma forte luz. Decidiu então chegar mais próximo e encontrou uma imagem de Maria (Mãe de Jesus, deu-lhe então o título Nossa Senhora de Nazareth)

********

Decidiu então levar a imagem a para sua casa, para protegê-la do tempo. Reunindo toda vila de pescadores e índios. Após guardarem a imagem, foram dormir. No dia seguinte descobriram que a imagem não estava no mesmo lugar, e iniciou-se uma grande procura em toda a aldeia, achando-a horas depois no mesmo morro onde foi encontrada, levaram-na novamente para a casa, mas na manhã seguinte ela desapareceu novamente. Então decidiram construir naquele morro uma pequena capela em homenagem à imagem, que logo deram o nome de Nossa Senhora de Nazareth. Rapidamente foi construída uma igreja de maiores dimensões inaugurada em 1837.

*******

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

O Pároco do Santuário de Nazaré de Porto Velho deve ser carioca, pois resolveu implantar em Porto Velho, mesmo sendo criticado pelos paraenses, a festa que acontece em Saquarema no estado do Rio de Janeiro.

*******

Sobre nosso Círio o tradicional, a história diz o seguinte: Quem trouxe a devoção para Porto Velho foi Aluízio Pinheiro Ferreira que entre outras coisas foi o 1º Diretor Brasileiro da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, o 1º Governador do Território Federal do Guaporé e o 1º Deputado Federal eleito pelo Território Federal do Guaporé.

********

Durante esse tempo todo, ou seja, de 1930 até o ano passado, o Círio de Nazaré em Porto Velho, foi realizado no segundo domingo de outubro, igualzinho acontece em Belém do Pará.

********

Agora, pelo menos enquanto a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré de Porto Velho for dirigida pelo padre que lá está, o Círio de Nazaré vai acontecer no mês de Setembro.

*********

Encontrei o Bainha o Fogueteiro da procissão do Círio de Nazaré ha muitos anos, e ele me disse da decepção pela troca da data da realização da procissão em homenagem a Nazaré este ano. “Os verdadeiros devotos de N.S. de Nazaré vão se reunir no segundo domingo de outubro, para festejar o verdeiro Círio de Nazaré”, disse Bainha indignado!

********

Acontece que nas redes sociais, o que vimos, foram registros de muita gente na igreja de Nossa Senhora de Nazaré. Aliás, na quadra da escola administrada pela paróquia, curtindo o Costelão assado no estilo gaúcho.

*********

Agora é assim: Sai o Pato no Tucupi e entra o COSTELÃO GAÚCHO!

 


 

 

Sai lista dos finalistas ao Prêmio
Fiero Paulo Queiroz de Jornalismo

O jornalismo rondoniense é o maior vencedor do Prêmio Fiero Paulo Queiroz de Jornalismo, cuja solenidade de premiação acontece no próximo dia 19, às 19 horas, no Maison Madeira, em Porto Velho. A festa vai reunir profissionais da imprensa; representantes dos setores produtivos e sindicatos patronais filiados à Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero); autoridades; premiados, amigos, familiares, dentre outros.

Com premiação que chega a R$ 66 mil aos vencedores do Prêmio Fiero Paulo Queiroz de Jornalismo, a solenidade acontece também para comemorar o aniversário de 31 anos do Sistema Fiero e ao mesmo tempo consagrar a categoria jornalística, estreitar e fortalecer ainda mais os laços entre a Federação e os profissionais de imprensa local.

Além da entrega dos prêmios aos quatro vencedores nas categorias jornalismo impresso; web-jornalismo; telejornalismo e radio-jornalismo; a Fiero fará uma singela homenagem aos profissionais que escreveram e àqueles que há 30 anos ou mais continuam escrevendo a história do progresso rondoniense.

Ao ressaltar a importância do Prêmio, o presidente do Sistema Fiero, Marcelo Thomé, acrescenta que, “com esta iniciativa, ampliamos e fortalecemos a parceria com a imprensa e os meios de comunicação local. Os trabalhos inscritos e classificados mostram o quanto a indústria está presente na vida de todos, por meio das mais variadas ações, seja gerando emprego e renda, trazendo à pauta temas e projetos voltados à saúde, educação, melhoria em infraestrutura, e que muitas vezes a sociedade desconhece. Acredito que o Prêmio Fiero Paulo Queiroz de Jornalismo chegou para mudar este cenário”, disse.  

De acordo com o coordenador de Comunicação Social do Sistema Fiero e também coordenador do Prêmio, jornalista Carlos Araújo, vinte trabalhos foram inscritos e 14 foram selecionados pela comissão de seleção e encaminhados a comissão julgadora. Sendo cinco na categoria telejornalismo; três de webjornalismo; três na categoria jornalismo impresso e três em radiojornalismo. “Os quatro primeiros lugares, nas respectivas categorias receberão premiação em dinheiro e o quinto lugar receberá um certificado de participação”, explicou.

Araújo acrescenta que o evento vai contar com a participação do jornalista da Rede Globo, Marcos Losekann.

Losekann começou a trabalhar na Globo em 1984. Com mais de 33 anos de profissão, foi repórter em Brasília, em São Paulo e na Amazônia; correspondente em Israel e chefiou o escritório de Londres. Cobriu momentos históricos, com a morte de Yasser Arafat e as guerras no Iraque e Afeganistão; assassinato de Chico Mendes (1988); acidente aéreo da TAM (1996); morte de Bin Laden; renúncia do papa Bento XVI (2013), e tantas outras.
 

Conheça os 14 finalistas, por categoria e veículos de comunicação:
 

JORNALISTAS FINALISTAS DO PRÊMIO FIERO PAULO QUEIROZ DE JORNALISMO E SEUS EDITORES

RADIOJORNALISMO

 

NOME

TÍTULO

Meio de comunicação veiculado

EDITOR

EDSON JOSÉ MARQUES LUSTOSA

SENAI PROMOVE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM RONDÔNIA

Rádio ARIQUEMES Ariquemes-RO

AOR BEZERRA DE OLIVEIRA

EDUARDO JORGE KOPANAKIS PACHECO

INDUSTRIALIZAÇÃO RURAL

Radio Rondônia FM 93,3

JEAN CARLA COSTA

LUIZ SÉRGIO DE ARAÚJO GOMES

RESTAURAÇÃO DA BR 364

Radio Caiari

SÉRGIO GOMES

 

WEBJORNALISMO

NOME

TÍTULO

Meio de comunicação veiculado

EDITOR

AURIMAR LIMA DO NASCIMENTO

AS PONTES DE CONCRETO QUE ELEVAM A HISTÓRIA ECONÔMICA DE RO

SITE: O RONDONIENSE

http://www.orondoniense.com.br

AURIMAR LIMA

DAVID RODRIGUES DOS PASSOS

INDÚSTRIA: FRUTO INDUSTRIAL DAS USINAS DO MADEIRA INOVA EM PROJETOS AMBIENTAIS - PARTE I

Site RONDONIA NO AR

http://rondonianoar.com.br/

 

DAVID RODRIGUES

HOSANA DOS SANTOS MORAIS

HÁ 38 ANOS NO SENAI, MECÂNICO JÁ FORMOU 400 PROFISSIONAIS EM PORTO VELHO

Site G1/RO

http://g1.globo.com/ro/rondonia/

LARISSA ZUIM MATARÉSIO

 

JORNALISMO IMPRESSO

NOME

TÍTULO

Meio de comunicação veiculado

EDITOR

CÉLIO MONTEZUMA C. MUNHOZ

BOLIVIANOS E PERUANOS ABREM MERCADO PARA TELHAS E TIJOLOS FABRICADOS EM CACOAL

A Gazeta de Rondônia

ZACARIAS PENA VERDE

GILIANE PERIN

"ESCOLA FÁBRICA" - NOVA UNIDADE SESI - SENAI ALIA EDUCAÇÃO BÁSICA À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Tribuna popular

Cacoal/RO.

ADAIR ANTÔNIO PERIN

MARCELO FREIRE PEREIRA

DRAGAGEM NO RIO MADEIRA ABRE NOVA ROTA DA SOJA

Diário da Amazônia

MARCELO FREIRE

 

TELEJORNALISMO

 

NOME

TÍTULO

Meio de comunicação veiculado

EDITOR

JAQUELINE FONSECA

INDÚSTRIA AVANÇA NA AMAZÔNIA E DEVE GANHAR FÔLEGO COM A CRIAÇÃO DA ZONA FRANCA VERDE.

REDE AMAZÔNICA

“Bom dia Amazônia “

JAQUELINE FONSECA

JOÃO RICARDO PINHEIRO DE LIMA

INDÚSTRIA E ECONOMIA

GRUPO SGC – REDETV – RONDÔNIA

“Fala Rondônia”

 

ANDRÉ FERNANDO

MARINDIA MOURA

INDÚSTRIA DE OVOS DE GALINHA E DE FRANGO DE CORTE EM RONDÔNIA

REDE AMAZONICA RO

TV RONDÔNIA

“Jornal de Rondônia”

GLEILSON GRANJA e

HÉLIO SANTIAGO

MEIRIANE SILVA SANTOS

INVESTE INDUSTRIA

SIC TV

“Novo Dia”

JÉSSICA OCAMPO

RUDA MOREIRA

35 ANOS DA INSTALAÇÃO DE RONDÔNIA - A INDÚSTRIA NO ESTADO DESDE O CICLO DA BORRACHA

REDE AMAZÔNICA

“Jornal Rondônia TV”

JAQUELINE FONSECA

Fonte: Ascom do Sistema Fiero


Comentários

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

E-mail: redacao@gentedeopiniao.com.br - gentedeopiniao@gmail.com

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados